Ir para o conteúdo
BETA

Portal de Informações Institucionais

Universidade Federal de Pelotas

Nome da Disciplina
ATIVIDADE FÍSICA ADAPTADA
CÓDIGO
0370120
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
1
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Caracterização da pessoa com deficiência. Introdução à atividade física adaptada e integração da pessoa com deficiência: clubes, praças, personal. Estudo do processo inclusivo na sociedade. Metodologia da Atividade Física Adaptada (AFA).

Objetivos

Objetivo Geral:

Identificar as questões de mudança de estilo de vida, compreender a necessidade da atividade física na vida do deficiente; identificar as necessidades dos deficientes em seus aspectos físicos, sociais e educacionais; discutir sobre as ações governamentais, refletir sobre o papel de futuro profissional de Educação Física junto ao deficiente; Vivenciar situações concretas de ensino/aprendizagem nos diversos locais que se realizam atividades Físicas; Planejar e ministrar atividades para deficientes e discutir e vivenciar o esporte adaptado e caracterizar os tipos de deficiências.

Conteúdo Programático

Unidade 1: Deficiência; o que é, quantos são e tipos de deficiência? Deficiente e a sociedade; Atividade física adaptada: o que é? Como trabalhar? Como adaptar?
Unidade 2: Atividade física, promoção da saúde e qualidade de vida: aspectos individuais, culturais e ambientais; Benefícios da atividade física adaptada: (esportivas, aquáticas, recreativas, dança e lazer); Planejamento e avaliação das atividades; Atividade física da vida diária (ADLs e IADLs); Esporte adaptado; Avaliações físicas.
Unidade 3: Tipos de deficiências: visual, intelectual, auditiva e física; Atividades físicas e jogos esportivos; Mudança dos paradigmas: Futuro da Educação Física adaptada.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CASTRO, E. M. Atividade física adaptada. São Paulo, TECMED. 2006.
  • JOSEPH, P. Educação Física e esportes adaptados. São Paulo, Manole. 2002.
  • PEDRINELLI, V. J. et al. Educação Física e desporto para pessoas portadoras de deficiência. Brasília: MEC/ SEDES/SESI/ DN, 1994.

Bibliografia Complementar:

  • BONFIM, R. Vi. Educação Física e a criança com Síndrome de Down: algumas considerações. Sprint. Rio de Janeiro: 32–39, 1996.
  • FONSECA, V. Educação especial: programa de estimulação precoce: uma introdução às idéias de Feurstein. 2ª ed. Porto Alegre: ArtMed, 1995.
  • WERNER, T. Tendências da formação para Educação Física Adaptada abordagem, icônica ou da singularidade? in: COSTA, V. L. M. (Org.) Formação profissional universitária em Educação Física. Rio de Janeiro: Gama Filho, 285-315, 1997.