Ir para o conteúdo
BETA

Portal de Informações Institucionais

Universidade Federal de Pelotas

Nome da Disciplina
ANÁLISE DO DISCURSO EM TEXTOS JORNALÍSTICOS
CÓDIGO
1320453
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Análise da linguagem jornalística na perspectiva da Análise do Discurso.

Objetivos

Objetivo Geral:

Possibilitar aos alunos o exercício crítico sobre a linguagem e sobre as práticas discursivas da sociedade contemporânea; compreender, por meio de ferramentas de análise do discurso, os processos de constituição do sentido nos discursos jornalísticos, bem como sua inserção na sociedade.

 

Objetivos Específicos:

- Estudar a construção do discurso jornalístico no que se refere às estratégias discursivas utilizadas na composição dos textos;
- Investigar e refletir sobre os princípios teóricos e metodológicos de diferentes teorias no campo dos estudos discursivos;
- Discutir noções teóricas que embasam a análise do discurso jornalístico e que revelam as relações entre linguagem, subjetividade e contexto;
- Fornecer subsídios metodológicos para a pesquisa no discurso jornalístico.

Conteúdo Programático

- Os estudos discursivos – da antiguidade aos dias de hoje.
- As diferentes correntes teóricas de Análise do Discurso (AD).
- As pesquisas sobre discurso jornalístico.
- Análise do Discurso: noções-chave: sentido, ideologia, historicidade, sujeito, heterogeneidade, condições de produção e formação discursiva.
- A estrutura linguístico-discursiva do texto jornalístico.
- O funcionamento discursivo do texto.
- A polifonia (citação, discurso direto e indireto).
- O léxico (nomeação, designação e verbos introdutores de opinião).
- Análise de textos verbais.
- Análise de textos não verbais.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ALTHUSSER, Louis (1996). Ideologia e Aparelhos Ideológicos de Estado. IN: ORLANDI, Eni. Análise do discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Pontes, 1999. PÊCHEUX, Michel. Por uma análise automática do discurso : uma introdução à obra de Michel Pêcheux. Campinas: UNICAMP, 1990.

Bibliografia Complementar:

  • CHARAUDEAU, Patrick. Discurso político. São Paulo: Contexto, 2008. DIJK, Teun Adrianus van. Cognição, discurso e interação. 6. ed. São Paulo: Contexto, 2004. FAIRCLOUGH, Norman. Discurso e mudança social. Tradução: Izabel Magalhães. Brasília: Ed. UnB, 2001. ZIZEK, Slavoj. Um Mapa da Ideologia. Rio de Janeiro: Contraponto. p. 105 – p. 142.