Nome da Disciplina
INFORMÁTICA EM EDUCAÇÃO QUÍMICA
CÓDIGO
D000358
Carga Horária
51 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
3
CRÉDITOS
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A potencialidade de recursos de informática na Química e no Ensino de Química. Apresentação e utilização de recursos de informática, a exemplo de sites, indexadores e programas (softwares) como ferramentas ao ensino e aprendizagem de química, especialmente, para pesquisa, análise de dados, modelagem molecular, etc. Busca e avaliação de materiais didáticos e de programas voltados ao ensino de química.

Objetivos

Objetivo Geral:

- Conhecer e permitir a aplicação de conhecimentos relacionados com as tecnologias de informação e comunicação, no sentido de buscar, usar e avaliar ferramentas da informática (programas, sites, materiais didáticos) em sua prática profissional.
- Desenvolver habilidades para recorrer às ferramentas computacionais para aprender e ensinar química.
- Planejar materiais com o uso de recursos de informática, a exemplo de mapas conceituais, blog, objetos de aprendizagem, imagens em 2D e 3D.
- Visualizar e capacitar a aplicação, em sala de aula e/ou laboratório de informática, de instrumentos/recursos trabalhados nas aulas.

Conteúdo Programático

Unidade I – A importância de tecnologias de informação e comunicação na Química e Ensino de Química.
Unidade II - Normas de formatação, citação e referenciação.
Unidade III – Recursos do Word, editores cooperativos, armazenagem de dados no ambiente virtual.
Unidade IV - O uso de ferramentas e base de dados aplicados à química e à educação química (Portal de periódicos da CAPES, Scielo, SciFinder, ChemFinder).
Unidade V – Sites e blogs no ensino. Elaboração de um Blog.
UNIDADE VI – MAPAS CONCEITUAIS APLICADOS AO ENSINO DE QUÍMICA.
UNIDADE VII - O USO DE SOFTWARES NA QUÍMICA (MICROCAL ORIGIN, EXCEL, CHEMDRAW).
Unidade VIII - O Uso de Softwares na Educação Química (Virtual Lab, ChemDraw, ChemSketch). Imagens em 2D e 3D, imagens estáticas e em movimento.
Unidade VIII - Internet e o uso de laboratórios virtuais, objetos de aprendizagem.
Unidade IX - A ludicidade, jogos, simuladores e animações no ensino.
Unidade X - Busca, adaptação e avaliação de recursos de informática para a educação química.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • GIORDAN, Marcelo. Computadores e linguagens nas aulas de Ciências: uma perspectiva sociocultural para compreender a construção de significados. Ijuí: Unijuí, 2008.
  • RAMOS, Edla M. F.; ARRIADA, Monica C.; RANGEARO, Leda M. Introdução à Educação Digital. 1. ed. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2013.
  • TORNAGHI, Alberto J.C.; PRADO, Maria E.B.B.; ALMEIDA, Maria E.B.. Tecnologias na educação: ensinando e aprendendo com as TIC: guia do cursista. 2. ed. – Brasília: Secretaria de Educação a Distância, 2010. Disponível em . Acesso em 04/10/2013.
  • Artigos da Revista Química Nova na Escola (http://qnesc.sbq.org.br/).

Bibliografia Complementar:

  • SANTOS, Danilo O. S.; WARTHA, Edson J.; FILHO, Juvenal C.S. Softwares educativos livres para o Ensino de Química: Análise e Categorização. In. XV Encontro Nacional de Ensino de Química (XV ENEQ). Anais... Brasília: UnB, 2010. Disponível em: . Acesso em 14 out. 2013.
  • Portal de periódicos da CAPES (www.periodicos.capes.gov.br)
  • Site Química no Brasil (exemplos: http://allchemy.iq.usp.br/ e http://chemkeys.com/br/)
  • Ministério da Educação (http://portaldoprofessor.mec.gov.br/index.html, http://rived.mec.gov.br/site_objeto_lis.php, http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/handle/mec/8718
  • Sites de Universidades (exemplos: http://www2.iq.usp.br, http://biq.iqm.unicam.br, http://www.unb.br/iq/lpeq, http://www.qmc.ufsc.br/quimica/index.html).

Página gerada em 09/12/2019 21:56:23 (consulta levou 0.166794s)