Nome da Disciplina
CORPO, ESPAÇO E VISUALIDADE
CÓDIGO
D000315
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Fundamentos das linguagens artísticas (dança, música, teatro e artes visuais): abordagens
interdisciplinares; discussões em torno dos eixos temáticos: corpo, espaço e visualidades.
Corpo, ambiente e identidade: pluralidade e diversidade cultural. Propostas artísticopedagógicas.
A Dança como instrumento de Educação Ambiental.

Objetivos

Objetivo Geral:

- Problematizar a condição de corpo em sua relação com o espaço, refletindo sobre os
diferentes condicionantes que orientam a co-dependência sujeito-ambiente;
- Contextualizar os matizes artísticos de dança, teatro, artes visuais e música, percebendo
as relações destes entre si e com os diferentes tipos de ambiente;
- Desenvolver um estudo introdutório acerca dos principais fundamentos das linguagens
visuais, mediante explorações teórico-práticas;
- Estudar e propor possibilidades de interrelação entre dança e artes visuais, apresentando
propostas pedagógicas articuladas neste âmbito;
- Proporcionar e estimular a apreciação estética dos artefatos artísticos observados sob a
perspectiva das múltiplas visualidades;
- Entender o papel da dança na escola como instrumento de Educação Ambiental;
- Cumprir com as exigências legais da Política Nacional de Educação Ambiental, conforme
dispositivos que regem a Lei nº 9.795/1999 e o Decreto nº 4.281/2002.

Conteúdo Programático

Unidade 1 – Fundamentos da linguagem: corpo e visualidades
As linguagens da Arte: dança, música, teatro e artes visuais
Equilíbrio
Ver e Perceber
Espaço e Forma
Luz e Cor
Movimento e Dinâmica
Corpo e visualidades
Interrelações entre dança e artes visuais
Unidade 2 – Corpo e Ambiente
Tipos de ambiente
O corpo nos espaços: (con)vivência, circulação, produção, educação, poetização
Identidades, pluralidade e diversidade cultural: do local ao global
Arte e relações ambientais: interdependência entre o meio natural, o sócio-econômico e o
cultural
Corpo ético: educação, trabalho e práticas sociais
O espaço cinestésico: articulações entre movimento e ambiente
Reflexões sobre a Política Nacional de Educação Ambiental: a Lei nº 9.795/1999 e o
Decreto nº 4.281/2002
A Dança como instrumento de Educação Ambiental

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ARNHEIM, Rudolf. Arte e percepção visual: uma psicologia da visão criadora. 2.ed. São Paulo: Pioneira/Ed. da Universidade de São Paulo, 1980. BRASIL. Decreto nº 4.281, de 25 de junho de 2002. Regulamenta a Lei no 9.795, de 27 de abril de 1999, que institui a Política Nacional de Educação Ambiental, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/2002/d4281.htm BRASIL. Lei n.º 9.795, de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2005. MIRANDA, Regina. Corpo-espaço: aspectos de uma geofilosofia do corpo em movimento. Rio de Janeiro: 7Letras, 2008. MÖDINGER, Carlos Roberto. (et. al.) Artes visuais, dança, música e teatro: práticas pedagógicas e colaborações docentes. Erechim-RS: Edelbra, 2012. OSTROWER, Fayga. Universos da Arte. 2.ed. Rio de Janeiro: Campus, 1983.

Bibliografia Complementar:

  • BERTAZZO, Ivaldo. Cidadão corpo: identidade e autonomia do movimento. 4.ed. São Paulo: Summus, 1998. BUENO, Maria Lucia; CASTRO, Ana Lúcia (orgs.). Corpo: território da cultura. 2.ed. São Paulo: Annablume, 2005. DUARTE JR. João-Francisco. O sentido dos sentidos: a educação (do) sensível. 5.ed. Curitiba: Criar Edições, 2010. MARTINS, Miriam Celeste. Aprendiz da arte: trilhas do sensível olhar-pensante. São Paulo: Espaço Pedagógico, 1992. OSTROWER, Fayga. Acasos e criação artística. Rio de Janeiro: Campus, 1990. PIRES, Beatriz Ferreira. O Corpo como Suporte da Arte: piercing, implante, escarificação, tatuagem. São Paulo: Senac, 2005.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
AÇÃO E MOVIMENTO II Dança (Licenciatura)

Página gerada em 12/12/2018 19:20:33 (consulta levou 0.096477s)