Nome da Disciplina
BIOQUÍMICA I
CÓDIGO
D001097
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Estudo dos principais processos químicos relevantes dos organismos vivos e sua interação com o ambiente, com base na sua constituição química, como aminoácidos, proteínas, lipídeos, carboidratos e ácidos nucléicos. Identificar as principais estruturas químicas, tanto de aminoácidos, lipídeos e carboidratos. Identificar algumas estruturas genéricas como monoacilgliceróis, diacilgliceróis e triacilgliceróis, além de lecitinas entre outras. Enzimas e cinéticas enzimáticas.

Objetivos

Objetivo Geral:

• A disciplina pretende fornecer aos alunos os conhecimentos fundamentais para a compreensão dos princípios básicos da Bioquímica.
• Identificar as principais macromoléculas, seus grupos funcionais, classificação de acordo com o numero de carbonos, insaturações, identificar os aminoácidos naturais através da estrutura química, cadeias polipeptídicas, diferenciar as bases nitrogenadas, identificar a estrutura da coenzima A e caracterizá-la como derivado de mononucleotideo.
• Saber a importância das enzimas, atuação, processos de inibição, desnaturação etc.
• Espera-se que os alunos, ao final do semestre, sejam capazes de:
• Conhecer os fundamentos básicos da bioquímica;
• Reconhecer e compreender as principais biomoléculas;
• Compreender e conhecer as funções e importância das biomoléculas, na área de química forense.

Conteúdo Programático

UNIDADE 1.
Aminoácidos: Fórmula geral; Classificação dos aminoácidos; Propriedades físico-químicas dos aminoácidos; Atividade óptica; Comportamento ácido-básico; Aminoácido como tampão; Ponto isoelétrico e pK dos aminoácidos; Peptídeos

UNIDADE 2.
Proteínas: Generalidades; Diversidade funcional; Níveis estruturais das proteínas; Desnaturação; Proteínas em solução; Classificação das proteínas quanto à conformação e composição.

UNIDADE 3.
Enzimas: Conceito; Energia de ativação; Complexo E-S; Características estruturais das enzimas; Cofatores enzimáticos; Fatores que influenciam a atividade enzimática; Cinética enzimática; Enzimas reguladoras.

UNIDADE 4.
Vitaminas e coenzimas.

UNIDADE 5.
Nucleotídeos e Ácidos nucléicos.

UNIDADE 6.
Glicídeos: Generalidades; Mononossacarídeos; Oligossacarídeos; Polissacarídeos; Glicoconjugados.

UNIDADE 7.
Lipídeos: Generalidades; Classificação; Ácidos graxos; Ceras; Acilgliceróis; Fosfoglicerídeos; Esfingolipídeos; Terpenos; Esteróides; Eiscosanóides


PARTE PRÁTICA

1. pH e sistemas-tampão

2. Testes colorimétricos para detecção de aminoácidos, peptídeos de proteínas
2.1 Reação de Ninhidrina
2.2 Reação de Biureto
2.3 Reação de Millon
2.4 Reação Xantoproteica
2.5 Reação de Sakaguchi

3. Solubilidade de proteínas
3.1 Reações de precipitação de proteínas com desnaturação
3.1.2 Ação do calor
3.1.3 Ação de solventes orgânicos
3.1.4 Ação de sais de metais pesados
3.1.5 Ação de reagentes alcalóides
3.1.6 Reação de Heller
3.1.7 Reações de precipitação de proteínas sem desnaturação
3.2 Ação da força iônica

4 .Determinação do ponto isoelétrico da caseína

5. Enzimas
5.1. Efeito da variação do tempo de incubação
5.2. Efeito da concentração da enzima
5.3. Efeito da variação do pH sobre a atividade enzimática
5.4. Efeito da variação da concentração do substrato

6. Nucleotídeos e ácidos nucleicos
6.1. Extração dos ácidos nucléicos DNA e RNA
6.2. Reação para caracterização de DNA
6.3. Reação para caracterização indireta de RNA

7. Glicídeos
7.1. Reações de identificação
7.1.1. Solubilidade
7.1.2. Reação de Molisch
7.1.3. Reações de redução
7.1.3.1. Aquecimento em meio alcalino
7.1.3.2. Reação de Benedict
7.1.3.3. Reação de Barfoed
7.1.3.4. Teste das Osazonas
7.1.4. Reação de Seliwanoff
7.1.5. Reação de Bial
7.2. Extração e caracterização de polissacarídeos
7.2.1. Prova do iodo (amido e glicogênio)
7.2.2. Hidrólise ácida (amido)
7.2.3. Hidrólise enzimática (amido)

8. Lipídios
8.1. Solubilidade
8.2. Índice de iodo
8.2. Emulsificação
8.3. Saponificação
8.3.1. Separação dos ácidos graxos
8.3.2. Dessalgação de sabões
8.3.3. Sabões insolúveis
8.4. Esteróides
8.4.1. Reação de Liebermann-Buchard
8.4.2. Reação de Salkowski

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BAYNES, J., DOMINICZACK, M. Bioquímica médica, 3 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.
  • CAMPBELL, M.K – Bioquímica – 3 ed. Ed. Artmed, Porto Alegre, 2000.
  • LENINGER, A. NELSON D., COX M. M. Princípios de Bioquímica, Ed. Sarvier, 2014.
  • STRYER, L., TYMOCZKO, J.L., BERG, J.M. Bioquímica. 6 ed. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan, 2008.
  • VOET, D., VOET, J.G, PRATE, C.W – Fundamentos de Bioquímica. Ed. Artmed: São Paulo. 2000.

Bibliografia Complementar:

  • ALBERTS B., JOHNSON A., LEWIS J., RAFF M., ROBERTS K., WALTER P. Molecular Biology of the Cell. 4rd ed. Garland Science, New York & London. 2002.
  • CHAMPE, P.C., HARVEY, R.A., FERRIER, D.R. Bioquímica Ilustrada. 4 ed, Porto Alegre. Artmed, 2009.
  • DEVLIN, T.M. Manual de bioquímica com correlações clínicas. Tradução da 7 ed. americana, São Paulo: Edgard Blücher Ltda, 2011.
  • MARZZOCO, P., BAPTISTA, A. Bioquímica Básica, 3 ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2007.
  • MURRAY, R.K., GRANNER, D.K., RODWELL, V.W. Harper: Bioquímica Ilustrada. 27 ed. São Paulo, McGraw-Hill, 2007.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
BIOQUÍMICA I Química Forense (Bacharelado)

Página gerada em 14/12/2018 19:52:01 (consulta levou 0.096625s)