Nome da Disciplina
CIÊNCIAS FORENSES
CÓDIGO
1650022
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Preparo de amostras; Análises toxicológicas em matrizes biológicas ante-mortem e post-mortem; estudo dos constituintes químicos do organismo e alterações químicas/bioquímicas relacionadas às patologias humanas.

Objetivos

Objetivo Geral:

Transmitir ao estudante conhecimento sobre Química Clínica e técnicas de análises e diagnóstico de alterações químicas/bioquímicas relacionadas às patologias humanas.
Abordar os conceitos ligados à prática forense e apresentar as diferentes técnicas analíticas que são utilizadas na investigação criminal.

Conteúdo Programático

PARTE TEÓRICA:
UNIDADE 1. PREPARO DE AMOSTRAS
1.1. Coleta e conservação das amostras biológicas
1.2. Critérios de seleção e avaliação de metodologias analíticas
1.3. Valores de referência
1.4. Ação de interferentes

UNIDADE 2. ANÁLISES TOXICOLÓGICAS EM MATRIZES BIOLÓGICAS ANTE-MORTEM E POST-MORTEM
2.1. Aspectos pré-analíticos
2.2. Aspectos a serem considerados na fase analítica
2.3. Interpretação dos exames toxicológicos

UNIDADE 3 – AVALIAÇÃO DA FUNÇÃO RENAL
3.1- Metabolismo
3.2- Variações patológicas
3.3- Métodos de análises bioquímicas
3.4- Nitrogenados não-protéicos
3.5- Prova de depuração da creatinina endógena (dce).
3.6- Interpretação clínica dos resultados

UNIDADE 4– EQUILÍBRIO HÍDRICO E ELETROLÍTICO
4.1- Volume dos compartimentos líquidos corporais
4.2- Necessidades para o equilíbrio
4.3- Composição dos compartimentos
4.4- Mecanismos reguladores
4.5- Intercâmbio entre os compartimentos
4.6- Balanço e alterações no equilíbrio da água
4.7- Eletrólitos
4.8- Técnica e interpretação dos resultados do equilíbrio hidro-eletrolítico.

UNIDADE 5– EQUILÍBRIO ÁCIDO-BÁSICO
5.1- Sistemas tampões
5.2- Regulação respiratória e renal
5.3- Mecanismo de excreção de ácidos
5.4- Acidose metabólica e respiratória
5.5- Alcalose metabólica e respiratória
5.6- Gasometria

UNIDADE 6- CARBOIDRATOS
6.1- Metabolismo
6.2- Regulação da glicemia: ação dos hormônios
6.3- Variações patológicas.
6.4- Hipoglicemia e hiperglicemia
6.5- Diabete mellitus e diabetes gestacional
6.6- Curva de tolerância à glicose.
6.7- Hemoglobina glicosilada
6.8- Interpretação clínica dos resultados

UNIDADE 7– LIPÍDEOS E LIPOPROTEÍNAS
7.1- Metabolismo
7.2- Apolipoproteínas
7.3- Lipoproteinas
7.4- Classificação das hiperlipoproteinemias.
7.5- Métodos de análises bioquímicas.
7.6- Interpretação clínica dos resultados

UNIDADE 8 - ENZIMAS
8.1- Conceito
8.2- Isoenzimas
8.3- Fatores que influem nas variações da atividade enzimática.
8.4- Principais enzimas: fosfatases, transaminases, desidrogenase láctica, creatino-fosfo-quinase, gama-glutamil-traspeptidade e
glutamato-desidrogenase.
8.5 - Métodos de análises bioquímicas.
8.6 - Variações patológicas: perfil enzimático nas hepáticas, cardíacas, Musculares, ósseas e neoplasias
8.7- Interpretação clínica dos resultados

UNIDADE 9 - PROTEÍNAS
9.1- Formação e funções das proteínas plasmáticas.
9.2 - Albumina e globulinas.
9.3 - Métodos de análises bioquímicas.
9.4 - Perfil eletroforético patológico das proteínas
9.5- Interpretação clínica dos resultados

UNIDADE 10– AVALIAÇÃO DA FUNÇÃO HEPÁTICA E BILIAR
10.1- Funções do fígado.
10.2- Patologia: hepatite, cirrose e colestases.
10.3- Provas relacionadas com o metabolismo das proteínas, pigmentos Biliares e enzimas
10.4- Métodos de análises bioquímicas - bilirrubina.
10.5- Iinterpretação clínica dos resultados.


PARTE PRÁTICA:
Coleta de sangue, Determinação dos níveis de ureia e creatinina, glicose, hemoglobina glicosilada, triglicerídeos, colesterol total e frações, atividade das transaminases, gama-glutamil transferase, creatino-quinase, lactato desidrogenase no sangue.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • Velho, J. A.; Gustavo Geiser, G.; Espindula, A. Ciências Forenses: Uma Introdução Às Principais Áreas Da Criminalística Moderna, Editora Millennium, 2011, 416p.
  • Henry, J.B. Diagnósticos Clínicos E Tratamentos Por Métodos Laboratoriais. 20° Ed. São Paulo: Manole, 2008.
  • Burtis, C.A.; Ashwood, E.D.; Bruns, D.E. Fundamentos De Química Clínica - Tietz. 6° Ed. Rio De Janeiro: Elsevier, 2008.

Bibliografia Complementar:

  • Motta, V.T. Bioquímica Clínica: Princípios E Interpretações. 4° Ed. Missau, 2003.
  • WALTERS, N.; ESTRIDGE, B.; REYNOLDS, A. Laboratório clínico –técnicas básicas. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 1998.
  • NELSON, D. L.; COX, M. M. Princípios de Bioquímica de Lehninger, 5ª ed. Editora Artmed, 2011.
  • GUYTON, A. C. Fisiologia Humana. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1998.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
CIÊNCIAS FORENSES II Química Forense (Bacharelado)

Página gerada em 10/12/2018 14:03:45 (consulta levou 0.092167s)