Nome da Disciplina
FITOPATOLOGIA
CÓDIGO
0200039
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Generalidades sobre Fitopatologia; Características Gerais de Fitopatógenos; Sintomatologia;
Fatores Abióticos; Fisiologia de Fungos; Fungos Patogênicos; Relações Patógeno-Hospedeiro;
Métodos de Isolamento, Repicagem e Inoculação de Fungos; Métodos de Isolamento e
Identificação de Fitobactérias; Variabilidade dos Agentes Fitopatogênicos; Mecanismos de Defesa
das Plantas; Classificação das Doenças Segundo Interferência nos Processos Fisiológicos das
Plantas; Epidemiologia; Ação do Ambiente sobre Doenças de Plantas;Microscopia; Fungos
Fitopatogênicos; Diagnose de Doenças; Preparo de Meios de Cultura e Esterilização; Isolamento
de Fungos Fitopatogênicos; Isolamento de Fitobactérias; Fitonematóides; Diagnose à Nível de
Campo.

Objetivos

Objetivo Geral:

A organização do programa tem por objetivo preparar o aluno no campo da Fitopatologia para que
compreenda as bases ou fundamentos científicos da ciência e posterior aplicação dos
conhecimentos adquiridos. Ao mesmo tempo, para os alunos que seguem outros ramos da
agronomia em que os conhecimentos fitopatológicos não sejam indispensáveis, fiquem com
noções claras e práticas sobre as doenças dos vegetais.

 

Objetivos Específicos:

Preparar os alunos para que compreendam as bases ou fundamentos científicos sobre as
doenças dos vegetais.

Conteúdo Programático

I PARTE TEÓRICA
Unidade 1: Generalidades Sobre Fitopatologia
Introdução
Conceito e Divisão da Fitopatologia
Objetivos da Fitopatologia
Conceito e Importância de Doenças
Unidade 2: Características Gerais de Fitopatógenos
2.1. FungosFitopatogênicos: Características, morfologia, reprodução, classificação, mecanismos
de ataque e sintomas.
2.2. BactériasFitopatogênicas: Características, morfologia, reprodução, classificação, mecanismos
de ataque e sintomas.
2.3. Vírus Fitopatogênicos: Características, morfologia, classificação e sintomas.
2.4. Fitonematóides: Características, morfologia, reprodução, classificação, mecanismos de
ataque e sintomas.
Unidade 3: Fungos Fitopatogênicos
3.1. Chytridiomycetes, Oomycetes,Zygomycetes: Características,reprodução, sintomatologia, gêneros e espécies fitopatogênicas.
3.2. Ascomycota:Características, reprodução, sintomatologia, gêneros e espécies fitopatogênicas.
3.3. Basidiomycota: Características,reprodução, sintomatologia, gêneros e espécies
fitopatogênicas.
3.4. Fungos Mitospóricos: Características, reprodução, sintomatologia, gêneros e espécies
fitopatogênicas.
Unidade 4: Sintomatologia
4.1. Conceitos
4.2. Sintomas externos ou morfológicos
II PARTE PRÁTICA
Unidade 1: Microscopia
Introdução
Tipos e partes de microscópios
Descrição de suas partes
1.4. Princípios de funcionamento
Unidade 2: Fungos Fitopatogênicos
Chytridiomycetes, Oomycetes, Zygomycetes: Reconhecimento
em laboratório.
Ascomycota: Reconhecimento em laboratório.
Basidiomycota: Reconhecimento em laboratório.
Fungos Mitospóricos: Reconhecimento em laboratório.
Unidade 3: Diagnose de Doenças
3.1. Lâmina de raspagem: materiais e métodos
3.2. Lâmina de corte: materiais e métodos
Unidade 4: Fitonematóides
4.1. Coleta de amostras
4.2. Extração
4.3. Fixação
4.4. Identificação

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • AMORIM, L.; REZENDE, J. A. M. e FILHO, A. B. Manual de Fitopatologia. Princípios e Conceitos. EditôraAgronomica Ceres. Vol. 1. São Paulo, S.P. 2011704 p.
  • KIMATI, H.: AMORIM, L.; REZENDE, J. A. M.; FILHO A. B. e CAMARGO, L. E. A. Manual de Fitopatologia. Doenças das Plantas Cultivadas. EditôraAgronomica Ceres. Vol.2. São Paulo, S.P. 2005. 663 p.
  • SILVEIRA, V.D. Micologia. Editora Brasil América, R.J. 1981. 332 p.

Bibliografia Complementar:

  • AGRIOS, G.N. Plant Pathology. Academic Press, New York. 1963. 629 p.
  • DHINGRA, O. O. ; MUCHOVEJ, J.J. e CRUZ FILHO, J. Tratamento de Sementes (Controle de Patógenos). Viçosa. Imp. Univ. da Universidade Federal de Viçosa, M.G. 1980. 121 p.
  • ROMEIRO, R.S. Bactérias Fitopatogênicas. Imp. Univ. Da Universidade de Viçosa, Viçosa, M.G. 1995. 283 p.
  • STAKMAN, E.C. e HARRAR, J.G. Principles of Plant Pathology. The Ronald Press Co., New York. 1957. 581 p.
  • TIHOHOD, D. NematologiaAgrícola. UNESP, Jaboticabal. 1993. 372 p.

Página gerada em 26/05/2019 10:36:06 (consulta levou 0.123469s)