Nome da Disciplina
CIÊNCIA AMBIENTAL APLICADA À TEC. ALIMENTOS
CÓDIGO
12000174
Carga Horária
60 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Importância do tratamento de efluentes na agroindústria alimentar; Poluição da agroindústria alimentar: Definições; Aspectos econômicos e sociais do controle da poluição; Conceito de desenvolvimento Sustentável; Tratamento de efluentes nas Normas internacionais de qualidade; Legislação ambiental; Efeitos no meio ambiente das principais substâncias presentes nos resíduos; Parâmetros de poluição hídrica; Autodepuração dos cursos d´água e eutrofização; Fundamentos de biodegradação; Sistemas de tratamento: Tratamento preliminar, tratamento primário, tratamento secundário e tratamento terciário de efluentes; Tratamento de resíduos sólidos; Tratamento de água.

Objetivos

Objetivo Geral:

Conhecer a tecnologia do tratamento de águas e resíduos industriais.

 

Objetivos Específicos:

Conhecer os conceitos relacionados à área;
Conhecer as principais análises físico-químicas para efluentes industriais;
Conhecer os principais métodos e processos de tratamento de efluentes;
Apontar a importância dos resíduos na indústria de alimentos;
Conhecer os métodos avançados e as necessidades atuais e futuras de desenvolvimento de tecnologia de baixo custo econômico e ecológico, no tratamento de efluentes.

Conteúdo Programático

UNIDADE 1 – Noções básicas de tratamento de águas
1.1 Apresentação da disciplina, aplicações e objetivos
1.2 A água e o meio ambiente
1.3 Água potável, água poluída e água contaminada
1.4 Características físicas, organolépticas, químicas e biológicas da água
1.5 Autodepuração
1.6 Eutrofização
UNIDADE 2 – Tratamento de água
2.1 Ambiente lêntico e lótico
2.2 Composição do sistema de abastecimento de água
2.3 Estação de tratamento de água – etapas do tratamento
2.4 Legislação pertinente para água tratada
UNIDADE 3 – Tratamento de efluentes
3.1 Características dos efluentes industriais
UNIDADE 4 – Sistemas de tratamento
4.1. Tratamento preliminar de efluentes
4.2. Tratamento primário de efluentes
4.3 Tratamento secundário de efluentes (filtros biológicos, lagoas de estabilização,
lodos ativados)
4.4 Tratamento terciário (Lagoas de maturação, desinfecção, remoção de nutrientes
e complexos orgânicos)
UNIDADE 5 - Resíduos sólidos
5.1 Conceitos e definições
5.2 Formas e tipos de resíduos
5.3 Geração de resíduos sólidos. Impactos ambientais
5.4 Legislação ambiental relativa à coleta, transporte e disposição final de
resíduos sólidos
5.5 Processos de tratamento e de disposição final
5.6 Valorização dos resíduos sólidos

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • PACHECO, J. W. e YAMANAKA, H. T. Guia técnico ambiental abate (bovino e suíno) – série P + L, São Paulo: CETESB, disponível em: 2008.
  • DREW PRODUTOS QUÍMICOS. Princípios de Tratamento de Água Industrial. São Paulo: Drew Produtos Químicos Ltda. 1979.
  • SANTOS, M. S. E RIBEIRO, F. M. Guia técnico ambiental cervejas e refrigerantes – série P + L, São Paulo: CETESB, disponível em: 2005.
  • YAMANAKA, H. T. Guia técnico ambiental sucos cítricos – série P + L, São Paulo: CETESB, disponível em: 2005
  • MAGANHA, M. F. B. Guia técnico ambiental da indústria de produtos lácteos, São Paulo: CETESB, disponível em: 2006

Bibliografia Complementar:

  • PACHECO, J. W. Guia técnico de frigorífico – industrização de carnes (bovina e suína)– série P + L, São Paulo: CETESB, disponível em: 2006.
  • BRAILE, P. M. Manual de Tratamento de Águas Residuárias Industriais, Editado pela CETESB, 1979.
  • ECKENFELDER, J. W. W. Industrial Water Pollution Control, McGraw Hill, 2a. Edição, 1989.
  • McBEAN, E.; ROVERS, F. A.; FARQUHAR, G. J. Solid Waste Landfill Engineering and Design. Prentice Hall PTR, New Jersey, 1995.
  • SPERLING, M. V. Lodos Ativados. In: Príncipios do Tratamento Biológico de Águas Residuárias, Universidade Federal de Minas Gerais, v.2, 1997.
  • HESTER, R. E.; HARRISON, R. M. Waste Incineration and the Environmental - Issues in Environmental Science and Technology, 1a. Ed. 1995.
  • NEMEROV, L. N., Águas Residuales Industriales, Teorias, Aplicaciones y Tratamiento, Ed. Hermann Blume, 1a. Edicion, 1977.
  • PEPPER, I.L.; GERBA, C.P., BRUSEAU, M.L.; (Editors), Pollution Science, Academic Press, Canadá, 1996.
  • ROCCA, A.C.C. et al., Resíduos Sólidos Industriais. CETESB/ASCETESB, São Paulo, 1993.
  • ROWE, K., QUIGLEY, R.M., BOOKER, J. Clayey Barrier Systems for Waste Disposal Facilities, London, E & FN Spon, 1992.
  • SPERLING, M. V. Lagoas de Estabilização. In: Príncipios do Tratamento Biológico de Águas Residuárias, Universidade Federal de Minas Gerais, v. 3, 1997.
  • PAHO-Pan American Health Organization, Hazardous Waste and Health in Latin America and the Caribibean, PAHO, Washington, D.C., 1994.
  • QUASIN, S.R., WASWATER Treatment Plants, Planning, Design and Operation, Technique Publishing Co. Inc., 1985.
  • TCHOBANOGLOUS, G.; THEISEN, H.; VIRGIL, S. Integrated Solid waste Management Engineering principles and Management Issues. MacGraw-Hill, Boston, Massachusetts, New York, 1993.

Página gerada em 06/08/2020 10:22:11 (consulta levou 0.153689s)