Nome da Atividade
ATENÇÃO INTEGRAL AO PACIENTE COM NECESSIDADE ESPECIAL
CÓDIGO
03500011
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
1
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A Disciplina de Atenção Integral ao Paciente com Necessidade Especial propicia a iniciação do graduando na atenção às pessoas com necessidade especial e/ou com deficiência, visando o processo de trabalho interdisciplinar e multidisciplinar, no atendimento integral do paciente, bem como, da família, realizando projeto terapêutico singular que priorize as necessidades do paciente em atendimento clínico, de promoção da saúde, com ações preventivas e de educação em saúde.

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivos Gerais:
Possibilitar a formação profissional em congruência com a Política Nacional de Saúde da Pessoa com Deficiência, visando conhecimento técnico-científico e as habilidades para atendimento de pessoas com necessidades especiais no âmbito da inclusão.
Específicos
Desenvolver aptidão no manejo de pacientes dentro das áreas de conhecimento específicos compreendendo o papel profissional no atendimento clínico de pessoas com necessidades especiais, tais como, casos crônicos, múltiplas deficiências, transtornos mentais moderados, situações de risco e vulnerabilidade social, e que apresentam comprometimentos ou incapacidades, temporárias ou definitivas de acordo com os projetos terapêuticos singulares com repercussão na boca e estruturas anexas em nível ambulatorial, hospitalar ou domiciliar; Potencializar as capacidades de atuação e processo de trabalho em equipe inter e multidisciplinar com áreas da saúde, na perspectiva de atenção integral ao paciente com necessidade especial. Elaborar projeto terapêutico singular de forma integralizada, considerando o diagnóstico do PNE e seu estado de saúde; Compreender a farmacodinâmica, as interações e os possíveis efeitos colaterais dos principais medicamentos que influenciam na funcionalidade do paciente, bem como, na abordagem dos atendimentos; Conhecer, refletir e discutir os protocolos de atendimento.

Conteúdo Programático

- Conceito e classificação dos pacientes com necessidades especias - políticas públicas de saúde da pessoa com deficiência - aspectos psicológicos dos pacientes com necessidades especiais e sua família - o atendimento e manejo comportamental do paciente com necessidade especial - importância do cuidador na atenção ao paciente com necessidade especial - atenção integral das principais condições e doenças: Anomalias congênitas; Doenças sistêmicas: cardiovascular, endócrina e metabólica, transtorno convulsivo, hemopatias, doenças gastrointestinais, doença oncológica, doença imunológica, nefropatias e doenças pulmonares; Distúrbios psiquiátricos, neurológicos e comportamentais; Deficiência física, de audiocomunicação e mental; Odontogeriatria/Doenças comuns na terceira idade; - Tecnologia assistiva como facilitadora da atenção ao paciente com necessidade especial - medicamentos de significância para a atenção integral do paciente

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Política Nacional de Saúde da Pessoa com Deficiência. Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2010. 24p. Disponível em:
  • ELIAS, R. Odontologia para pacientes com necessidades especiais: uma visão clínica. Rio de Janeiro: Revinter, 2007.
  • SILVA, L.C.P.; CRUZ, R.A. Odontologia para pacientes com necessidades especiais: protocolos para o atendimento clinico. 1.ed. São Paulo: Santos, 2009.

Bibliografia Complementar:

  • Artigos científicos sobre os temas relacionados ao conteúdo programático da Unidade. http://www.periodicos.capes.gov.br/
  • CAMPOS, C.C. et al. Manual prático para o atendimento odontológico de pacientes com necessidades especiais. Faculdade de Odontologia de Goiás. 2009. Disponível em: https://odonto.ufg.br/up/133/o/Manual_corrigido-.pdf
  • FONSECA, V. Educação especial: programa de estimulação precoce: uma introdução às ideias de Feurstein. 2..ed. Porto Alegre: ArtMed, 1995.
  • DRUMMOND, A.F.; RESENDE, M.B. (Org). A Intervenção Clínica em Terapia Ocupacional.. Belo Horizonte: Editora UFMG. 2008.
  • LITTLE J. W. et al. Manejo Odontológico do Paciente Clinicamente Comprometido. 7. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.
  • SANTOS, P.S.S.; SOARES JUNIOR, L.A.V. Medicina Bucal: A Prática na Odontologia Hospitalar. São Paulo: Santos, 2012.
  • VITTA, F.C.F. Uma identidade em construção: o terapeuta ocupacional e a criança com retardo no desenvolvimento neuropsicomotor. Editora da universidade do sagrado coração (EDUSC). 1998.
  • HEINZ, M.M.; PERUZZOLO, D.L. (orgs.). Deficiência multipla: uma abordagem psicanalítica. editora oikos. 2009.
  • RADOMSKI, M. V. Terapia ocupacional para disfunções físicas. 6. Rio de Janeiro Santos 2013 1 recurso online ISBN 978-85-412-0402-6.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
ATENÇÃO INTEGRAL AO PACIENTE COM NECESSIDADE ESPECIAL Odontologia (Bacharelado)

Página gerada em 17/10/2021 13:03:21 (consulta levou 0.106943s)