Nome do Projeto
Memória do curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
02/05/2016 - 30/09/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Museologia
Resumo
O curso de Conservação e Restauro formou sua primeira turma em 2011 e como o terceiro curso do Brasil, tem uma importância inequívoca na história da profissão. Completou, no ano de 2015, sete anos de fundação. Assim, esta ação objetiva reunir documentos escritos e visuais sobre estes sete anos e localizar os profissionais das turmas formadas.

Objetivo Geral

Desenvolver metodologia para recuperação da informação sobre a produção acadêmica, os métodos de ensino, a formação do corpo docente, a formação de alunos e o destino dos egressos do Curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis, constituindo um banco de dados sobre a trajetória do Curso.

Justificativa

O Grupo Pet Conservação e Restauração trabalha, essencialmente, com os pressupostos da valorização dos vestígios memoriais das sociedades. Assim entendido, conservar e restaurar um objeto, seja ele qual for, demanda grande investimento no domínio dos materiais, dos equipamentos, das técnicas e, indispensável, domínio sobre os significados dos objetos, seus sentidos sociais e sua expressão de cultura. Sendo a principal meta do grupo promover instâncias de melhoria do seu curso, fomentando ações que incrementem novas práticas pedagógicas, o presente projeto expressa tal intuito, ao mesmo tempo em que oportuniza o exercício das habilidades necessárias a um conservador-restaurador. Por um lado, deverá o projeto documentar a trajetória de um curso novo de uma profissão já antiga, observando como no campo específico em que surge, particularizam-se soluções. Por outro lado, permitirá observar o campo de trabalho através das atividades exercidas pelos egressos. Desse modo, a memória do curso estará, oportunamente, operando como memória da profissão. Assim, justifica-se o projeto por aportar à comunidade do curso maior conhecimento sobre o campo profissional e por documentar a trajetória e nela, os aspectos exitosos e os problemáticos, que poderão vir, pelo inventário memorial, a serem objeto de reflexão, estudo e busca de soluções. Também destaca-se o cumprimento do escopo do Programa PET, que se pretende um catalizador na formação de profissionais mais aptos e conscientes e um vetor de aproximação do estudante com a realidade social.

Metodologia

A base do trabalho será o recolhimento e sistematização de documentos e relatos de professores, alunos e técnicos do Curso e, sobretudo, a localização e diagnóstico da atuação dos egressos. O grupo determinará subcomissões que deverão
organizar dados e buscar outros, entrevistando interessados, recolhendo informações e material impresso, visual, etc... Após, deverá ser aplicado ao conjunto uma sistematização de catálogo e
elaborado o catálogo para disponibilização no site do grupo em dezembro de 2016.

Resultados Esperados

O projeto poderá acabar mostrando um modo de acompanhamento dos egressos do Curso de Conservação e Restauração e poderá apontar um possível mecanismo que permita à comunidade do Curso refletir e obter dados que venham a contribuir para a melhoria de todo o planejamento pedagógico do curso, particularmente do processo de ensino aprendizagem. Pretende-se que o curso cumpra com sua finalidade de inserir na sociedade profissionais aptos para o exercício da guarda e recuperação dos vestígios do passado e, portanto, deseja-se que os indicadores apontem a qualidade dos profissionais que vem formando, principalmente no que diz respeito à qualificação para o trabalho. Entende-se que se o cumprimento desses objetivos, passa, antes, pelo conhecimento advindo das verificações empíricas no que tange às percepções e motivações da comunidade do curso. Assim, a memória da trajetória do curso pode fornecer elementos da realidade para compor a descrição e compreensão da inserção do conservador-restaurador na sociedade.

Indicadores, Metas e Resultados

A missão do grupo PET-CR é contribuir para a formação pedagógica dos alunos integrantes do Curso e, ao mesmo tempo, contribuir com o crescimento do seu Graduação. Toda proposta de melhoria de qualidade requer a produção de informações que possa permitir detectar os resultado do desempenho de um determinado campo de ação. Embora o escopo da proposta não seja a construção de um sistema de acompanhamento de egressos, o trabalho de memória indicará as possibilidades para a apresentação de um sistema com essa finalidade. Entende-se que problemas como a evasão, a baixa rentabilidade e o pouca formação científica necessitam de informações tempestivas que o desempenho dos egressos pode apontar. Um trabalho de memória fomentará, também, reflexões sobre a introdução de modificações em métodos e princípios e poderá contribuir para reorientar as ações da comunidade do Curso.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA CAROLINA KOHN BEHLING202/05/201630/12/2016
ANDRÉ LUIS MARAGNO202/05/201630/12/2016
BARBARA MORAES202/05/201630/12/2016
CLAUDIA MARIA BITENCOURT CARVALHO202/05/201630/12/2016
ELOISA DO CARMO DE OLIVEIRA202/05/201630/12/2016
FRANCISCA FERREIRA MICHELON202/05/201630/12/2016
JULIANA CAVALHEIRO RODRIGHIERO202/05/201630/12/2016
KAREN VELLEDA CALDAS402/05/201630/12/2016
KELI CRISTINA SCOLARI202/05/201630/12/2016
LARISSA RODALES DA FONSECA202/05/201630/12/2016
MIRELLA MORAES DE BORBA202/05/201630/12/2016
PAMELA PEREIRA DE PEREIRA202/05/201630/12/2016
RAFAEL NOLASCO202/05/201630/12/2016
SIMONE BITTENCOURT DE FREITAS202/05/201630/12/2016
TARSILA COSTA RIZZI202/05/201630/12/2016

Página gerada em 10/04/2021 16:41:01 (consulta levou 0.027159s)