Nome do Projeto
Arqueologia Social
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
01/06/2016 - 30/04/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Humanas - Arqueologia - Teoria e Método em Arqueologia
Resumo
O grupo de estudos discutirá a relevância da proposta da Arqueologia Social. Considerada como uma escola latino-americana trabalha se definindo como antropológica. O estudo contribui na incorporação da instância política como realidade essencial na análise histórica dos grupos humanos na América Latina.

Objetivo Geral

As metodologias da arqueologia social serão aprofundadas naquilo que ela mais preza que é o destino histórico do continente. Discutiremos o alcance da arqueologia social a partir de um desenvolvimento paradigmático em colaboração com a antropologia. O estudo está comprometido com a filosofia anti-imperialista e anticolonialista. A arqueologia social está empenhada com a luta por profundas e necessárias transformações sociais em nossas sociedades neocoloniais.

Justificativa

A investigação arqueológica e antropológica realiza uma pesquisa que busca entender o significado do passado e sua estrutura na relação do conhecimento hegemônico no contraste com o conhecimento proveniente dos grupos populares.

Metodologia

Através de leituras de textos sobre antropologia e arqueologia social, arqueologia pública e de clássicos do pensamento social latino-americano, compreender as forças sociais em oposição no projeto colonialista e na proposta de inserção de projeto anti-imperialista na América Latina. Estudo de relatórios produzidos pelo próprio grupo e criação de banco de dados de informações, textos e referencias a arqueologia social e arqueologia pública.

Resultados Esperados

Formação de profissionais críticos do contexto social da ciência antropológica e arqueológica brasileira
Formação de banco de dados e referencias a antropologia, arqueologia e pensamento social latino-americano
Criação de atividades de extroversão deste conhecimento através de minicursos criados no âmbito do projeto
criação de banco de textos de estudos do pensamento social na antropologia e arqueologia brasileira

Indicadores, Metas e Resultados

Os estudos propostos estão ligados a crescente desenvolvimento de forças conservadoras no país que pensam um afastamento da ciência das classes populares, A formação crítica e social de nossos profissionais é uma necessidade premente.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALBIO FERREIRA DA COSTA201/06/201630/04/2017
CLAUDIO BAPTISTA CARLE401/06/201630/04/2017
MARIA MADALENA BORGES EVANGELISTA401/06/201630/04/2017
YURI ZIVAGO YUNG GRILLO401/06/201630/04/2017

Página gerada em 22/09/2021 01:47:17 (consulta levou 7.536768s)