Nome do Projeto
Catálogo de papéis produzidos no Rio Grande do Sul
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
16/06/2014 - 06/05/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra - Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais
Resumo
O papel é um material constituído por elementos fibrosos de origem vegetal, geralmente distribuído sob a forma de folhas ou rolos. Tal material é feito a partir de uma espécie de pasta desses elementos fibrosos, secada sob a forma de folhas, que por sua vez são frequentemente utilizadas para escrever, desenhar, imprimir, embalar, etc. A diversidade dos tipos de papel é tão vasta que é quase impossível delimitá-la. E cada um deles impõe exigências especiais à máquina destinada à sua fabricação: como no caso do papel térmico para notas de caixa registradora ou cartões de embarque, que precisa ser provido com uma camada termossensível. A fabricação de cédulas de dinheiro exige vários elementos de segurança como marca d'àgua, hologramas ou padrões fluorescentes. E os produtos de higiene, como papel higiênico, lenços ou guardanapos de papel, têm que ser produzidos em máquinas para papel específicas devido à necessidade de maciez. O setor de celulose e papel do Rio Grande do Sul conta hoje com mais de 150 indústrias, sendo uma fabricante de celulose, dez fabricantes de papel, quatro de caixas e chapas de papelão ondulado de médio porte e as demais atuando na área de transformação, produzindo sacaria de papel e outras embalagens e artefatos diversos. A cadeia produtiva do setor abrange as etapas de produção da madeira, de energia, de celulose e papel, de conversão em artefatos de papel e papelão, de reciclagem de papel, de produção gráfica e editorial, além das atividades de comércio, distribuição e transporte. Conhecer esse mercado e toda a sua cadeia produtiva através dos diferentes tipos de papéis produzidos no Estado permitirá aos alunos do Curso de Engenharia Industrial Madeireira explorar e mapear uma das possíveis áreas de atuação profissional.

Objetivo Geral

Criação de um catálogo de amostras de papéis produzidos no Rio Grande do Sul.

Justificativa

O Curso de Engenharia Industrial Madeireira conta no nono semestre com a disciplina de Produção e Propriedades do Papel. Esta disciplina aborda toda a tecnologia envolvida na fabricação do papel, desde a influência das fibras celulósicas e do processo produtivo na qualidade e propriedades do produto final. Para o desenvolvimento de atividades em aulas práticas e ilustração em aulas teóricas é indispensável constituição de um acervo com exemplares dos diferentes tipos de papéis existentes no mercado, particularmente, com os principais papéis produzidos no Rio Grande do Sul, permitindo aos alunos uma visão das potencialidades do setor regional.
Além da disciplina de Produção e Propriedades do Papel, a coleção estará disponível para demais disciplinas correlatas e que tenham necessidade de consulta ou exemplificação das aplicações e usos de fibras de madeira no setor de produtos florestais.
Desta forma, a criação do acervo de amostras de papéis trará suporte didático para a disciplina de Produção e Propriedades do Papel e demais disciplinas relacionadas. Assim como, disponibilizará um acervo para consulta e registro destes papéis, possibilitando o desenvolvimento de outras ações pedagógicas nesta área de conhecimento.

Metodologia

Será realizado um levantamento de todas as empresas que produzem papéis no Estado do Rio Grande do Sul. Por telefone e mensagens eletrônicas será feito contato com as empresas para solicitação de amostras dos diferentes tipos de produtos produzidos e comercializados. As amostras recebidas serão catalogadas e organizadas por empresa e por tipo de produto, sendo então disponibilizadas para montagem do acervo e consulta do público alvo.

Resultados Esperados

A partir do desenvolvimento deste projeto espera-se constituir uma coleção de papéis, que será utilizada como material didático para a disciplina de Produção e Propriedades do Papel e demais disciplinas que atuem nesta área. Com estabelecimento desta coleção também será possível desenvolver outras ações de cunho didático pedagógico envolvendo atividades práticas e demonstrativas, com amostras de papéis e celulose produzidos na região.
É importante ressaltar, a contribuição para os acadêmicos colaboradores do projeto, que terão complemento em sua formação, desenvolvendo atividade específica, além de permitir o contato com empresas do setor, servindo de estimulo e capacitação a participação em outras iniciativas desta natureza.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FRANCINE TEIXEIRA PEREIRA2016/06/201406/05/2016
GABRIEL VALIM CARDOSO416/06/201406/05/2016
GUILHERME VERGARA NORNBERG216/06/201406/05/2016

Página gerada em 24/01/2021 10:28:52 (consulta levou 0.054640s)