Nome do Projeto
Liga Acadêmica de Cirurgia Geral
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
02/03/2015 - 29/12/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Resumo
O conhecimento básico - teórico e prático - da técnica operatória é fundamental na formação do médico, mesmo para aqueles que não pretendem se dedicar as especialidades cirúrgicas. A carga horária muito limitada das disciplinas curriculares ligadas à Cirurgia Geral e a falta de um laboratório adequado, onde se possa praticar as técnicas básicas de assepsia e antissepsia, assim como as normas de comportamento no Bloco Cirúrgico, de paramentação cirúrgica e de domínio do material e de técnicas de suturas são veemente solicitadas pelos alunos da faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pelotas. Deste desejo de aprimorar o estudo na área de cirurgia na nossa faculdade, inicia-se um projeto visando o fortalecimento da Base da Técnica Cirúrgica e o incentivo da pesquisa e extensão na área.

Objetivo Geral

Complementar as atividades acadêmicas relacionadas à Cirurgia Geral, proporcionando maior contato com atividades práticas, bem como técnicas cirúrgicas e atualizações na área.

Justificativa

Frente a necessidade evidenciada pelos professores e solicitada pelos alunos, faz-se necessário um trabalho mais intenso na área de cirurgia.

Metodologia

Atividades teóricas expositivas, como: palestras, seminários, grupos de estudos e participação do round da cirurgia com os médicos residentes. Atividades práticas em bloco cirúrgico e ambulatórios de cirurgia, sempre sob responsabilidade direta e supervisão de médicos colaboradores.

Resultados Esperados

Espera-se que com a inserção do acadêmico no ambiente cirúrgico, os conceitos teóricos possar ser melhor fixados e consolidados na sua formação profissional. As atualizações no campo da Cirurgia se prestam a incentivar a busca do estudo e renovação de conhecimento. O contato direto com professores cirurgiões e residentes propiciarão a visão da realidade do envolvimento do profissional com o paciente e com o Sistema Único de Saúde.

Indicadores, Metas e Resultados

Demais membros serão introduzidos à Liga através de processo seletivo, que será realizado semestralmente através de prova escrita e entrevista.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA PAULA GONÇALVES MUNIZ403/03/201531/07/2017
ANA PAULA WINK607/08/201729/12/2017
BETINA MARIA GIORDANI607/08/201729/12/2017
BRUNA MORAES GASS620/07/201729/12/2017
BRUNO NOSCHANG BLAAS607/08/201729/12/2017
CRISTIANE BECKER NEUTZLING2
FELIX ANTONIO INSAURRIAGA DOS SANTOS402/03/201529/12/2017
FERNANDO PASSOS DA ROCHA302/03/201529/12/2017
JOSE LUIZ POZO RAYMUNDO302/03/201529/12/2017
LEANDRO JOSE RECKERS302/03/201529/12/2017
LUIS EUGENIO DE MEDEIROS COSTA302/03/201529/12/2017
LUIS OLIMPIO DIAS JORDAO302/03/201529/12/2017
PEDRO HENRIQUE ONGARATTO BARAZZETTI607/08/201729/12/2017
RENAN PLOTZKI REIS607/08/201729/12/2017
RICARDO LANZETTA HAACK302/03/201529/12/2017
ROBERTO OSVALDO PONT ZAMBONATO302/03/201529/12/2017
SCILLA CORREIA LIMA DA SILVA4
SERGIO ALBERTO LANDO BORGES607/08/201729/12/2017
SÍLVIA DE LUCENA SILVA ARAÚJO607/08/201729/12/2017
VICTOR MANUEL BRIZIDA GARCIA NETO4

Página gerada em 20/07/2019 20:00:46 (consulta levou 0.054591s)