Nome do Projeto
Relações Acadêmicas Internacionais
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
15/03/2015 - 14/03/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Ciência da Informação - Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais
Resumo
A Coordenação de Relações Internacionais, doravante "CRInter", é o órgão da UFPel ligado ao Gabinete do Reitor, que tem por função conduzir as pautas interinstitucionais com entidades estrangeiras, incluídos aí seus docentes, discentes e pessoal técnico-administrativo, motivo pelo qual açambarca uma função transversal em relação a toda universidade, sejam unidades acadêmicas ou administrativas. Desta forma, a atuação de pessoal docente, discente e técnico-administrativo com a CRInter tem caráter tanto administrativo quanto de ensino, na medida em que a estruturação das relações internacionais da UFPel demanda um envolvimento complexo e diversificado em diversas áreas, como a recepção e acolhimento de estrangeiros, acompanhamento das mobilidades "in" e "out", realização de eventos, entre outras tarefas comportadas no mote das funções da CRInter.

Objetivo Geral

- Institucionalizar o caráter pedagógico-educacional às atividades da CRInter em suas mais diferentes frentes de atuação.

Justificativa

A CRInter tem o papel de facilitar e fomentar as relações acadêmicas internacionais forjadas a partir da UFPel. Tais relações constituem-se enquanto oportunidades de ensino multifacetadas, que por sua vez refletem numa qualificação tanto do ensino, quanto da pesquisa, extensão e da própria gestão.

Partindo da premissa de que a internacionalização do ensino superior é condição de possibilidade para que a qualificação do ensino, pesquisa e extensão - tripé que sustenta os pilares de uma Universidade - seja construído com solidez, cabe à CRInter não apenas envolver-se em ações administrativo-burocráticas, mas solidificar o sentido educacional das ações que promove com envolvimento de pessoal - docente, discente e técnico-administrativo.

Por força do exposto, o presente projeto de ensino desdobrar-se-á nos seguintes eixos:

1) Amigo Universitário - sucessor do projeto de extensão homônimo que perdurou por mais de dez anos, agora convertido em ensino, tem por mote envolver os acadêmicos da instituição na recepção e acolhida dos discentes estrangeiros que veem à UFPel em mobilidade.

2) Tutoria CsF - a tutoria visa promover o acompanhamento docente aos discentes pré-selecionados à mobilidade out pelo Programa Ciências sem Fronteiras, promovendo o acompanhamento do aluno em sua preparação, planejamento para a mobilidade, bem como no período em que estiver no exterior e em seu retorno até a elaboração do relatório final.

3) Colaborador CRInter, O Colaborador CRInter é um programa por meio do qual discentes poderão apoiar a internacionalização da UFPel por meio de um trabalho não remunerado, em atividades administrativo-burocráticas, relacionadas com seu curso de formação e com orientação docente.

4) Eventos. No âmbito da CRInter, individualmente ou em parceria com outros órgãos e unidades, diferentes eventos são promovidos, seja para divulgação de oportunidades, compartilhamento de experiências, bem como orientações para mobilidade.

5) PEC-G. O Programa de Estudantes-Convênio de Graduação, doravante PEC-G, por meio do qual estudantes de diferentes países em desenvolvimento, notadamente dos continentes africano e sul-americano, ingressam na UFPel para a graduação. Neste projeto de ensino buscar-se-á manter vínculo dos discentes por meio de eventos anuais ou semestrais por meio do qual se possa compartilhar este outro olhar.

6) CSF. O Programa Ciência sem Fronteiras envolve tanto a divulgação do CSF nas diferentes unidades onde os 60 cursos da UFPel contemplados estão alocados, quanto a orientação dos pré-selecionados e posterior organização de mecanismos de aproveitamento da experiência acadêmica internacional dos discentes que retornam do exterior.

Metodologia

1) Amigo Universitário. Discentes da UFPel poderão se inscrever no CRInter para recepcionar estrangeiros que venham estudar. Dois estudantes locais serão responsáveis pela acolhida de um estrangeiro, proporcionando vivência intercultural sem sair da UFPel, além de idiomas. Visa, portanto, envolver os acadêmicos da instituição na recepção e acolhida dos discentes estrangeiros que veem à UFPel em mobilidade, proporcionando um acompanhamento, orientação e acolhida àqueles que chegam, e oportunidade de trocas para quem recebe. Cada "Amigo" contabilizará 20 horas de atividades complementares por discente estrangeiro que recepcionar no semestre.

2) Tutoria CsF - A tutoria aos discentes de graduação que embarcam pelo Programa Ciência sem Fronteiras será conduzida por um docente do curso do aluno, a ser indicado pelo próprio logo após sua pré-seleção no programa. Esta tutoria será uma orientação no sentido mais amplo, para que o acadêmico tenha um amparo nas suas dúvidas, escolha de disciplinas a cursar no exterior, elaboração do plano de estudos, bem como um adequado acompanhamento docente. Cada docente será inserido neste projeto com um total de 15 horas por semestre de tutoria, enquanto o discente obterá 20h.

3) Colaborador(a) CRInter - a colaboração com o CRInter é uma iniciativa em que discentes poderão apoiar a internacionalização da UFPel por meio de um trabalho não remunerado, em atividades administrativo-burocráticas, relacionadas com seu curso de formação e com orientação docente - como relações internacionais, letras, tradução, revisão de textos, promoção de eventos, entre outros. 4) Eventos. A CRInter promoverá diversos eventos tanto individuais quanto em parceria com outras unidades ou cursos com o intuito de divulgar bolsas de intercâmbio, capacitar alunos e compartilhar experiências.

Resultados Esperados

- Integrar a CRInter às diversas unidades acadêmicas e órgãos administrativos da UFPel;

- Envolver de modo institucionalizado docentes e discentes às relações acadêmias internacionais, sobretudo àqueles ainda não diretamente ligados à CRInter;

- Promover uma adequada recepção aos discentes estrangeiros de graduação que venham estudar na UFPel, fazendo, com isso, sua experiência acadêmica ser enriquecida por uma experiência humana e cultural adequadamente mediada;

- Estruturar o CsF na UFPel, qualificando a candidatura dos discentes de graduação, bem como orientando melhor àqueles que forem pré-selecionados;

- Vincular o colegiado dos cursos e docentes aos discentes pré-selecionados ao CsF para prezar pela excelência acadêmica na oportunidade internacional, antes de embarcar, no período em mobilidade, e no seu aproveitamento em seu retorno;

- Oportunizar atividades de ensino junto a CRInter, para, de um lado, ampliar capacidade de atuação da coordenação e, de outro, uma experiência pedagógica e compreensão mais ampla da UFPel;

Indicadores, Metas e Resultados

Na aba Identificação, nos espaços referentes a Grande Área, Área e Sub-área as informações ali expostas não são definitivas. Tais não foram devidamente inseridas por falta da opção "Outros" nos dois primeiros campos. O correto seria : Grande Área - Outros, Área - Outros e Sub-área - Relações Internacionais.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AMANDA BLEGGI415/03/201514/03/2016
ANELISE DA SILVEIRA ALVES415/03/201514/03/2016
CAMILA BASSEGIO416/03/201514/03/2016
CAMILE URBAN216/03/201514/03/2016
DENISE MARTINS DE SOUZA BRANDÃO416/03/201514/03/2016
EDUARDA RADDATZ401/07/201514/03/2016
EDUARDO DE CAMPOS HORN416/03/201514/03/2016
GABRIEL VALLE E SILVA PEREIRA416/03/201514/03/2016
LEONARDO AGRELLO MADRUGA416/03/201514/03/2016
MADELON SCHIMMELPFENNIG LOPES415/03/201514/03/2016
MARCIA MORALES KLEE415/03/201514/03/2016
MARIA LETICIA MAZZUCCHI FERREIRA415/03/201514/03/2016
NÍCOLLAS CAYANN TEIXEIRA DUTRA216/03/201514/03/2016

Página gerada em 20/08/2019 02:52:05 (consulta levou 0.235398s)