Nome do Projeto
SELEÇÃO DE MICROALGAS: MATÉRIA-PRIMA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/01/2009 - 03/03/2014
Unidade de Origem
Resumo
A política governamental autorizou, por meio da lei n° 11.097 de 13/01/2005, a introdução do biodiesel na matriz energética nacional. Como todo novo produto, faz se necessário um investimento em pesquisas, capaz de percorrer toda a sua cadeia produtiva (cultivo de oleaginosas, extração de óleos vegetais e reações químicas), fornecendo dados e informações relevantes de forma a tornar o processo mais otimizado. A motivação de se investir em um novo combustível, em especial no biodiesel, está relacionada principalmente ao conceito de desenvolvimento sustentável. Para o sucesso deste programa, os aspectos sociais, econômicos e ambientais deverão estar equilibrados. Neste âmbito, triglicerídeos (óleos vegetais e gorduras animais) e seus derivados são considerados alternativas viáveis para o desenvolvimento de biodiesel, principalmente por se tratarem de fontes renováveis, de grande variedade e fácil biodegradabilidade. O setor produtivo de biodiesel têm-se dedicado principalmente espécies terrestes como soja, milho, mamona, girassol entre outras. O cultivo de microalgas apresenta-se satisfatório principalmente para obtenção de bioativos importantes de alto valor economico agregado (vitaminas, cofatores, fármacos, colorantes e pigmentos, componentes de cosméticos, estabilizantes e antioxidantes), de biomassa, de alimento humano e veterinário, e de fertilizantes. Estudos recentes mostram a presença de ácidos graxos em microalgas direcionando a produção destas espécies para uma nova aplicação até então muito pouco explorada mundialmente: como fonte de energia renovável. Neste projeto, pretende-se selecionar as espécies adequadas para o cultivo e posterior produção de biodiesel.

Objetivo Geral

Neste projeto, pretende-se selecionar as espécies adequadas para o cultivo e posterior produção de biodiesel. Diferentes métodos de cultivo, extração e derivatização de óleos são possíveis. Neste projeto o estudo e desenvolvimento de biodiesel a partir de microalgas está direcionado à extrações por solventes e por fluído supercrítico seguido de uma reação de transesterificação e posterior análise dos respectivos ésteres metílicos de ácidos graxos. Ressaltamos que o projeto tem caráter interdisciplinar, uma vez que contempla a interação de pesquisadores e estudantes de diversas áreas; química, biotecnologia, engenharias e biologia

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
01
03
05
05
05
05
05
05
BRUNO MULLER VIEIRA130/03/201203/03/2014
VANDERLEIA SINHOR501/03/201131/12/2013

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 0,00
CNPqR$ 0,00
Min. Ciência & TecnologiaR$ 0,00

Página gerada em 14/12/2018 12:57:49 (consulta levou 0.083794s)