Nome do Projeto
AVALIAÇÃO DE UMA VACINA DE APLICAÇÃO INTRAVAGINAL CONTRA O HERPESVÍRUS BOVINO TIPO 5 (BoHV-5) ASSOCIADA A SUBUNIDADE B RECOMBINANTE DA ENTEROTOXINA TERMOLÁBIL DE ESCHERICHIA COLI (rLTB)
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/05/2010 - 01/05/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Resumo
Os herpesvírus bovinos tipo 1 (BoHV-1) e tipo 5 (BoHV-5) infectam animais de todas as idades, causando graves prejuízos econômicos à bovinocultura. A infecção e a disseminação dos BoHV normalmente ocorrem através das cavidades revestidas por células epiteliais de mucosa, como a cavidade nasal, orofaringe, conjuntiva e trato genital. O controle, tanto do BoHV-1 como do BoHV-5, tem sido realizado através da utilização de vacinas vivas e inativadas. As vacinas vivas, entretanto, criam a figura dos portadores, enquanto que as inativadas são menos imunogênicas e requerem a utilização de várias doses e a incorporação de substâncias adjuvantes ou imunoestimulantes para potencialização da resposta imune. A atividade adjuvante da LTB tem sido avaliada em experimentos envolvendo imunizações por via subcutânea, intramuscular, intravenosa e transcutânea. No entanto, a avaliação da LTB como adjuvante em vacinas administradas nas mucosas, por via intranasal, intraocular ou intravaginal, é uma abordagem relativamente recente, e tem sido realizada utilizando-se vacinas recombinantes para humanos ou camundongos como modelo biológico. Portanto, torna-se evidente o interesse no desenvolvimento de vacinas que propiciem imunidade de mucosa contra este agente etiológico. As vacinas atualmente disponíveis contra este vírus, no entanto, carecem desta capacidade de indução de imunidade de mucosa. A associação de uma vacina inativada contra o BoHV-5 à LTB, uma molécula comprovadamente indutora da imunidade de mucosa, e sua aplicação por via intravaginal, pode representar uma estratégia interessante no controle das enfermidades causadas pelos herpesvírus bovinos, uma vez que mimetiza a infecção natural.

Objetivo Geral

Objetivo Geral
- Desenvolver e avaliar uma vacina inativada contra o Herpesvírus bovino tipo 5, de aplicação intravaginal, utilizando a subunidade B recombinante da enterotoxina termolábil de Escherichia coli (rLTB) como adjuvante.

Objetivos Específicos
- Desenvolver uma formulação de óvulo intravaginal para aplicação de vacinas inativadas em bovinos;
- Desenvolver um sistema de coleta de muco vaginal a partir de tampões de algodão;
- Mensurar as respostas imunes humoral e celular induzidas pela utilização de uma vacina inativada contra o BoHV-5, de aplicação intravaginal;
- Avaliar as respostas imunes de mucosa e parenteral induzidas pela utilização de uma vacina inativada contra o BoHV-5, aplicada por via intravaginal;
- Mensurar a capacidade adjuvante de uma subunidade B recombinante da enterotoxina termolábil de Escherichia coli (rLTB), quando associada a uma vacina inativada contra o BoHV-5 e aplicada na mucosa vaginal de bovinos;
- Comparar o efeito da rLTB sobre o sistema imunológico com um adjuvante controle (hidróxido de alumínio), acrescidos à vacina inativada contra o BoHV-5;

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
2
2
2
2
4
4
4
4
ALINE DIAS CAMARGO1201/08/201231/07/2013
BIANCA SICA SIEDLER101/05/201001/05/2014
CLARISSA CAETANO DE CASTRO101/05/201201/05/2014
FABRICIO ROCHEDO CONCEICAO101/05/201001/05/2014
GILBERTO D'ÁVILA VARGAS101/05/201001/05/2014
PAULA FONSECA FINGER101/05/201001/05/2014
SILVIA DE OLIVEIRA HUBNER101/05/201001/05/2014

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 4.900,00

Página gerada em 13/12/2018 11:30:10 (consulta levou 0.126202s)