Nome do Projeto
Prospecção de aqüíferos subterrâneos para reduzir ou eliminar problemas de estiagem e seca na região de Bagé (RS)
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/02/2011 - 01/02/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Hidrogeologia
Resumo
Esse projeto de pesquisa pretende executar uma ampla prospecção de aqüíferos na região de Bagé (RS) para planejamento do uso racional da água subterrânea, com o objetivo de reduzir ou mesmo eliminar os problemas sociais advindos das crônicas estiagens e secas. A região de Bagé (RS) tem passado por períodos de longas estiagens e secas principalmente nas últimas 4-5 décadas, as quais estão relacionadas com os períodos de atuação do fenômeno La Niña. Esses períodos de estiagem/seca afetam, de modo mais veemente, o abastecimento público de água potável da população que vive nas sedes municipais e em distritos e vilas do interior dos municípios. Porém, nos períodos de seca, toda a produção agrícola e industrial tem sido severamente impactada. Nesses períodos, as municipalidades têm decretado sucessivos racionamentos e estados de emergência. A região de Bagé está geologicamente localizada na borda da Bacia do Paraná e no flanco sul do Arco de Rio Grande. Isso significa que, na região de Bagé, estão expostas rochas cristalinas do embasamento (Escudo Sul-riograndense) e as rochas das formações sedimentares basais da Bacia do Paraná. Além disso, as rochas do embasamento cristalino e da Bacia do Paraná são cortadas por expressivas falhas regionais e por falhas subsidiárias menores. Dentro dessa condição geológica, dois tipos principais de aqüíferos podem ser vislumbrados: i) aqüíferos fraturados e ii) aqüíferos confinados em camadas sedimentares porosas.

Objetivo Geral

Os objetivos desse projeto de pesquisa aplicada são:
1) mapeamento dos aqüíferos fraturados e dos aqüíferos confinados na região de Bagé (RS)
2) caracterização dos controles geológicos e geofísicos dos aqüíferos fraturados e dos aqüíferos confinados subterrâneos na região de Bagé (RS)
3) propor a locação de poços tubulares profundos capazes de suprir a demanda por água potável para abastecimento público
4) elaborar um plano de gestão integrada de fontes superficiais e subterrâneas de recursos hídricos dirigida à redução ou eliminação dos problemas de abastecimento de água durante os períodos de estiagem prolongada ou seca.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
7
7
7
7
7
7
7
7
20
FILIPE LOPES ALBARNAZ1201/08/201231/07/2013

Página gerada em 11/12/2018 13:55:36 (consulta levou 0.078621s)