Nome do Projeto
Estudo dos efeitos farmacológicos e/ou toxicológicos de Selenoésteres derivados da tiazolidina em camundongos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/01/2011 - 01/01/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Resumo
Os compostos orgânicos do selênio são compostos amplamente estudados em virtude da descoberta de suas aplicações sintéticas, de suas propriedades farmacológicas e por apresentar menor toxicidade em relação às espécies inorgânicas. Dentre os compostos orgânicos de selênio estudados se destacam o ebselen e o disseleneto de difenila. O ebselen, composto orgânico que contém selênio, é conhecido como antioxidante e importante agente capaz de mimetizar a atividade da enzima glutationa peroxidase. Além dessas propriedades o ebselen, possui atividade antiinflamatória, as quais podem ser devido a sua capacidade de neutralizar o peroxinitrito, um potente mediador inflamatório. Estudos recentes demonstraram que o disseleneto de difenila apresenta maior atividade do tipo glutationa peroxidase e menor toxicidade quando comparado ao ebselen. Além disso, o disseleneto de difenila é um composto que apresenta efeito antioxidante tanto in vitro quanto ex vivo e demonstra efeito antinociceptivo e antiinflamatório, antidepressivo, anti-úlcera e hepatoprotetor. Assim, devido às inúmeras propriedades farmacológicas descritas para os organocalcogênios e considerando a experiência do nosso grupo de pesquisa em estudar o potencial farmacológico e toxicológico de novos organocalcogênios pretende-se avaliar o potencial de novos compostos orgânicos de selênio, os selenoesterese derivados de tiazolidina, uma vez que, existe uma intensa busca por fármacos que possam representar uma nova alternativa terapêutica no combate e/ou controle de patologias. Assim, busca-se contribuir no desenvolvimento de novos fármacos que poderão ser propostos para terapias alternativas em diferentes tipos de dor. Ao longo prazo, espera-se que os resultados desta proposta contribuam para o surgimento de um novo produto, com aplicação em terapias alternativas no tratamento da dor. Sob o ponto de vista da formação de recursos humanos, espera-se contribuir na qualificação destes e no aumento na capacidade de geração, difusão e de utilização de conhecimentos científicos na Instituição e na região. A publicação dos resultados obtidos em revistas internacional, com classificação Qualis na área, é uma contribuição esperada por esta proposta.

Objetivo Geral

(1) Investigar se os compostos induzem toxicidade aguda quando administrados pela via oral em camundongos com o propósito de oferecer segurança no uso desses compostos, bem como estender o nosso estudo sobre esses compostos orgânicos de selênio. Para avaliar a toxicidade serão utilizados dois parâmetros de estudo: curva dose-resposta, onde se observa o índice de letalidade dos animais que receberão o composto e também serão realizadas dosagens bioquímicas, a fim de avaliar a funcionalidade hepática e renal dos camundongos.
(2) Avaliar a ação dos compostos, administrados pela via oral, no controle da nocicepção aguda e crônica através de estudos farmacológicos “in vivo”, utilizando diferentes protocolos experimentais de dor em camundongos, assim como avaliar os possíveis mecanismos de ação envolvidos nesta atividade antinociceptiva.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
05
05
20
40
40
40
ANGELA MARIA CASARIL1201/08/201231/07/2013
ARTHUR DE SIQUEIRA BRAHM1201/08/201231/03/2013
ATILA ALEXANDRE RODRIGUES TEJERA1201/08/201331/07/2014
ROBERTA GONÇALVES ANVERSA1201/04/201331/07/2013

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 17.000,00

Página gerada em 14/12/2018 12:58:53 (consulta levou 0.067322s)