Nome do Projeto
Uso de plantas medicinais e as práticas populares de saúde entre escolares da região Sul do Rio Grande do Sul
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/05/2011 - 19/05/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Resumo
No espaço da família, a criança é a esperança depositária de saber, que ao participar das atividades cotidianas absorve valores, crenças em relação ao cuidado humano e as plantas medicinais. Esta proposta objetiva pesquisar o conhecimento de escolares do ensino fundamental da rede municipal do extremo Sul do Rio Grande do Sul a respeito do uso de plantas medicinais. Para isso, propomos um estudo qualitativo e um quantitativo. No primeiro estudo se fará entrevista semi-estruturada gravada ao escolar no domicílio na presença de um dos familiares, observação sistemática, construção do genograma e ecomapa. Será realizado registro fotográfico in loco e georreferenciamento das plantas apontadas como medicinais. O estudo iniciará com uma escola de ensino fundamental, localizadas na área urbana do município de Pelotas/RS. O estudo de abordagem quantitativa dos escolares se limita a um questionário fechado. Será realizado concomitante um pré-teste e um pós teste para avaliar a contribuição das atividades. Espera-se, com este trabalho, promover espaços de aprendizagem com estes escolares, que pode significar uma nova perspectiva de saúde e cidadania a eles.

Objetivo Geral

Conhecer o uso de plantas medicinais e as práticas populares de saúde entre escolares da região Sul do Rio Grande do Sul

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
1
1
2
2
ANA CAROLINA PADUA LOPES1201/08/201231/07/2013
FERNANDA GROSSELLI1201/08/201331/07/2014

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 0,00

Página gerada em 12/12/2018 12:23:53 (consulta levou 0.068171s)