Nome do Projeto
Resistência à Insulina em ruminantes e sua relação com hipomagnesemia e hipocalcemia
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/06/2011 - 01/06/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica Veterinária
Resumo
Em ruminantes, a diminuição da sensibilidade à insulina ocorre de forma fisiológica no periparto (3 semanas pré-parto à 3 semanas pós-parto), e pode ser agravada em condições de desequilíbrio nutricional, assim como o alto escore de condição corporal ao parto. Em humanos, diferentes intensidades de resistência à insulina também estão associadas à síndromes metabólicas, sendo uma delas, a presença de cálculos renais devido ao aumento da excreção renal de cálcio e magnésio em pacientes portadores de Diabetes tipo II. A hipótese é que em ruminantes, o aumento da resistência à insulina devido ao alto grau de adiposidade ao parto, predispõe à hipomagnesemia e consequentemente à hipocalcemia. O objetivo geral deste estudo é avaliar a relação da resistência à insulina, com a hipomagnsemia e hipocalcemia em ovelhas no periparto. Dentro deste contexto, determinaremos ocorrência de Diabettes tipo II no periparto de ovelhas com alta condição corporal; avaliar a relação da resistência à insulina com as concentrações plasmáticas e urinárias de cálcio e magnésio de ovelhas lactantes; avaliar a correlação entre cálcio plasmático e urinário no período de transição de ovelhas; e, avaliar a correlação entre magnésio plasmático e urinário no período de transição de ovelhas.

Objetivo Geral

Objetivo Geral: Avaliar a relação da resistência à insulina, com a hipomagnsemia e hipocalcemia em ovelhas no periparto.

Objetivos Específicos: Caracterizar a ocorrência de Diabettes tipo II no periparto de ovelhas com alta condição corporal; Avaliar a relação da resistência à insulina com as concentrações plasmáticas e urinárias de cálcio e magnésio de ovelhas lactantes; Avaliar a correlação entre cálcio plasmático e urinário no período de transição de ovelhas; Avaliar a correlação entre magnésio plasmático e urinário no período de transição de ovelhas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
2
4
4
6
8
JÉSSICA HALFEN1201/08/201331/07/2014
Raquel Fraga e Silva Raimondo406/03/201301/06/2015

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 0,00

Página gerada em 10/12/2018 20:08:38 (consulta levou 0.091198s)