Nome do Projeto
CONSTRUÇÃO E QUALIFICAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE DE AGROECOSSISTEMAS EM PROPRIEDADES AGRÍCOLAS FAMILIARES
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
03/01/2011 - 08/02/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Resumo
A desigualdade econômica e social entre os territórios regionais do Brasil é reconhecida nacionalmente. Essa situação teve como parte da origem o fato de algumas regiões possuírem sua economia baseada em grandes propriedades ao passo que outras em pequenas e médias propriedades. As diferenças, no entanto, não estão somente associadas a aspectos de estrutura fundiária e da base étnica cultural, mas existem acentuadas diferenças com relação aos recursos naturais. As peculiaridades do relevo e do solo têm se constituído em importantes fatores que limitam o desenvolvimento da agricultura familiar, com efeitos negativos, portanto, sobre a fauna e a flora, afetando a qualidade do solo e, consequetemente, a sustentabilidade econômica. É neste contexto que avaliar o nível de sustentabilidade de sistemas de produção desenvolvidos em agroecossistemas tradicionais, convencionais, conservacionistas e de base ecológica, a partir de uma interação entre o conhecimento acadêmico e não acadêmico, materializa-se como diretriz do processo de desenvolvimento da Agricultura Familiar do país. O projeto de pesquisa aqui apresentado terá como objetivo geral criar e solidificar uma rede que contribua significativamente para o desenvolvimento e qualificação da noção de sustentabilidade de agroecossistemas desenvolvidos por agricultores de base familiar em diferentes regiões brasileiras (Território Sul do RS; Chapecó, SC; Viçosa, MG e Belém, PA). Portanto, buscar-se-ão relações entre a percepção que os agricultores têm sobre o contexto de seu agroecossistema e como o pesquisador visualiza essa realidade, identificando potencialidades, ameaças e oportunidades para o avanço continuado da agroecologia, como ferramenta fundamental para a construção de agroecossistemas sustentáveis.

Objetivo Geral

Objetivo Geral:
Criar e solidificar uma rede que contribua significativamente para o desenvolvimento e qualificação da noção de sustentabilidade de agroecossistemas desenvolvidos por agricultores de base familiar em diferentes regiões brasileiras.

Objetivos Específicos:
- Identificar os projetos em andamento nas instituições que abrigam os pesquisadores envolvidos no presente projeto;
- Estudar o estado de conhecimento, identificar potencialidades, ameaças e oportunidades para o avanço continuado da agroecologia, como ferramenta fundamental para a construção de agroecossistemas sustentáveis;
- Analisar o nível de sustentabilidade de sistemas de produção desenvolvidos em agroecossistemas tradicionais, convencionais, conservacionistas e de base ecológica, a partir de uma interação entre o conhecimento acadêmico e não acadêmico;
- Traçar, com as comunidades envolvidas, estratégias para o futuro frente as demandas e aos problemas de curto e longo prazo, considerando a relação global-local (quadro político nacional, mudanças climáticas, demandas por produtos saudáveis, saúde ambiental, etc);
- Gerar bases de dados e informações que possibilitem novas pesquisas;
- Relacionar o conhecimento etnopedológico (saber local) com o conhecimento científico com vistas a avaliar a Qualidade do solo, sendo essa um importante indicador da sustentabilidade dos sistemas de manejo;
- Divulgar os resultados do projeto aos produtores da região e em congressos científicos (ou similares), bem como redigir ao menos dois artigos científicos que serão submetidos à publicação em periódicos regionais e/ou nacionais e/ou internacionais.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
05
10
BETANIA VAHL DE PAULA410/06/201303/01/2014
ROBERTA JESKE KUNDE410/06/201303/01/2014
TAMIRES DOS REIS RIBEIRO1201/08/201331/07/2014

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 0,00
CNPqR$ 0,00

Página gerada em 11/12/2018 04:58:26 (consulta levou 0.094560s)