Nome do Projeto
Percurso Gerativo de Sentido na Direção de Atores: Uma alternativa na Direção Audiovisual
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
12/03/2012 - 13/03/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes - Artes - Interpretação Cinematográfica
Resumo
O cinema é considerado a 7º arte, com seus 116 anos, muitas teorias foram escritas e debatidas sobre o tema desde a sua realização à exibição. No Brasil o curso de cinema surge na década de 1960, mas devido a sua complexidade, ainda são poucos os cursos universitários. Muitas metodologias surgem á partir da prática de diretores, estas são analisadas por alguns teóricos do meio. O ator é um elemento importante dentro deste complexo chamado cinema, é o canal que exibe a informação. Os cursos de Cinema por muitos anos utilizam as teorias do Teatro para ensaiar com atores, porém a dinâmica teatral é diferente da dinâmica do Cinema e do audiovisual. Um dos problemas, que ocorrem em muitos curtas universitários é a direção de atores, geralmente amadoras e baseada no senso comum. Muitos atores de teatro reclamam dos alunos de Cinema, pela falta habilidade teórica e prática na direção de atores. Desejamos realizar uma pesquisa utilizando outra área do conhecimento para a direção de Atores, no caso a Semiótica Greimasiana, com ênfase no Percurso Gerativo de Sentido. O aluno entendendo o que o texto diz, e como ele faz para dizer o que diz , pode contribuir na hora da direção de atores saindo do senso comum e tendo como base fazer o aluno entender o texto e não o que os grupo (atores e equipe técnica) entendem do roteiro. Tentaremos apresentar o ator como canal da obra audiovisual e não apenas como emissor.

Objetivo Geral

Objetivo Geral:
Objetiva um aprofundamento na teoria Greimasiana e suas categorias, principalmente o Percurso Gerativo de Sentido. Nosso intuito é a utilização desta teoria da área da semiótica aplicada a direção de atores a área de Cinema.

Objetivo Especifico:
- Conhecer as categorias da semiótica Greimasiana;
- Realizar a transposição de elementos da semiótica para o campo do cinema;
- Utilizar o quadrado semiótica na analise dos personagens;
- Compreender o roteiro como elementos de analise e criação para o ator .

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
VINÍCIUS SILVA DE ABREU1201/10/201331/07/2014

Página gerada em 10/12/2018 20:10:11 (consulta levou 0.082650s)