Nome do Projeto
Desenvolvimento da segunda versão – atualização e ampliação – do modelo Simulação da Irrigação por Aspersão (SIA)
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/08/2012 - 02/08/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola - Engenharia de Água e Solo
Resumo
Em um cenário mundial caracterizado pela crescente demanda por água e energia, bem como a preocupação com os impactos ambientais, a viabilidade econômica e a própria sustentabilidade dos sistemas de irrigação por aspersão ficam na dependência do uso mais eficiente da água e energia. Os sistemas de irrigação por aspersão são muito difundidos no Brasil, ainda assim, o conhecimento técnico a respeito das condições de uniformidade de aplicação de água destes sistemas sob condições de vento ainda é bastante limitado. Podem-se destacar alguns fatores responsáveis por isto, por exemplo, o número de parâmetros (diâmetros e velocidade das gotas, coeficientes de arraste e perfis radiais) para ajuste de modelos de cálculo em estudos desta magnitude. Além disso, as condições naturais de vento não permitem a análise de diferentes combinações de velocidades de vento ou, mesmo, a análise de diferentes disposições dos equipamentos sob condições idênticas de vento. Sendo assim, os objetivos são: Fazer com que o software SIA (Oliveira, 2012) fique visualmente mais apresentável e com maior facilidade de utilização, comprovando a sua simplicidade em termos de base de dados e, ao mesmo tempo, seu potencial como uma ferramenta para prever uniformidades da irrigação por aspersão antes mesmo da instalação de um sistema no campo. Deste modo a nova versão do SIA contará com simulações de sistemas de irrigação do tipo convencional (Faria et al. 2009; Faria et al. 2012), além dos sistemas autopropelidos que já consta na versão atual.

Objetivo Geral

- Fazer com que o software SIA fique visualmente mais apresentável para o usuário final e também fique com maior facilidade de utilização.
- Melhorar a entrada de dados através de importação de dados de planilhas Excel, assim como organizar melhor a estruturação dos arquivos.
- Aperfeiçoar o modelo computacional SIA tornando-o mais completo e com maior aplicabilidade, comprovando a sua simplicidade em termos de base de dados e, ao mesmo tempo, seu potencial como uma ferramenta para prever uniformidades da irrigação por aspersão antes mesmo da instalação de um sistema no campo. Deste modo a nova versão do SIA contará com simulações de sistemas de irrigação do tipo convencional (Faria et al. 2009; Faria et al. 2012) e autopropelido (Oliveira, 2012), tendo ainda a possibilidade de, num futuro breve, prever uniformidade de sistemas de irrigação tipo pivô central e linear móvel.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
2
2
2

Página gerada em 16/12/2018 23:09:35 (consulta levou 0.080394s)