Nome do Projeto
Estuques lustrados com fingimento de pedras e ornatos no casario histórico de Pelotas: Levantamento sistemático e análise preliminar
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
05/04/2012 - 05/04/2016
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas - Arqueologia
Resumo
Os revestimentos de estuques lustrados fingindo, através de pinturas, pedras ornamentais como o mármore são constantemente percebidos nos vestíbulos e corredores das casas pelotenses construídas entre o final do século XIX e quarta década do século XX. Constituem-se, portanto, em bens integrados característicos da arquitetura pelotense. Todavia, quase não se encontram estudos sistematizados que tiveram como objetivo caracterizar o revestimento fosse com relação à sua estética, sua técnica de execução ou natureza material. Considerando as ações desenvolvidas dentro da disciplina de Peritagem de Obras de Arte e a criação da disciplina de Conservação e Restauro de Estuques no curso de Conservação e Restauro de Bens Culturais da UFPel, e tendo em vista o risco de perda de exemplares de estuque lustrado, por desconhecimento do seu valor cultural por parte dos proprietários e a falta de um instrumento de proteção legal que assegure a sua preservação, organizou-se um grupo de pesquisa com interesse particular em estudar sistematicamente esses revestimentos de paredes utilizados desde o século XIX até início do século XX em Pelotas. O principal objetivo desta pesquisa é realizar um levantamento cadastral dos estuques lustrados distribuídos pelas áreas de preservação da cidade de Pelotas/RS.

Objetivo Geral

a. Elaborar a ficha cadastral baseada nas necessidades de investigação e diagnóstico dos estuques;
b. Executar levantamento cadastral dos bens integrados selecionados dentre os exemplares inventariados;
c. Executar diagnóstico do estado de conservação com mapeamento das patologias dos revestimentos selecionados;

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
1
1
1
4
4
4
5
5

Página gerada em 27/01/2021 04:49:28 (consulta levou 0.122981s)