Nome do Projeto
Condições de saúde e trabalho dos coletores de lixo domiciliar do sul do Brasil
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
08/03/2012 - 09/03/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Educação Física
Resumo
Introdução: a produção de lixo domiciliar está em constante crescimento no mundo, devido a criação e ampliação das zonas urbanas. Este lixo é responsável por inúmeros malefícios para o meio ambiente e para a população em geral. Por isso, é de fundamental importância a realização da limpeza urbana. Os coletores de lixo domiciliar são componentes fundamentais nesse processo. A execução desse trabalho varia de acordo com o desenvolvimento tecnológico do local, as características demográficas da região e o nível educacional e cultural da população. Em muitas cidades do Brasil esse trabalho ainda é feito manualmente e, por isso, os coletores estão constantemente expostos a fatores de risco para a saúde, dentre eles os fatores físicos, químicos, biológicos e ergonômicos. Além disso, esses indivíduos apresentam hábitos de vida inadequados, como a ingestão de bebidas alcoólicas e o tabagismo, e estão constantemente expostos a situações de estresse. Objetivo: descrever as condições de saúde e trabalho dos coletores de lixo domiciliar das cidades de Pelotas e Rio Grande, Rio Grande do Sul. Metodologia: este estudo caracteriza-se como observacional descritivo, do tipo censo. A população será composta por todos os coletores de lixo domiciliar das cidades de Pelotas e Rio Grande, Rio Grande do Sul. A coleta de dados será feita por meio de um questionário contendo questões relativas a variáveis sociodemográficas, nutricionais, nível de atividade física no trabalho, lazer e deslocamento, qualidade de vida e condições de saúde osteomuscular e psicológica. O nível de atividade física também será mensurado de forma objetiva, através do uso de acelerometria em uma amostra que será definida aleatoriamente entre os participantes do estudo. Adicionalmente, será realizada a filmagem de um período de coleta de lixo para realizar a análise das condições de trabalho. Palavras chave: trabalhadores, coletores de lixo, saúde ocupacional, atividade física, epidemiologia.

Objetivo Geral

Objetivo geral

O objetivo deste estudo é descrever as condições de saúde e trabalho dos coletores de lixo domiciliar das cidades de Pelotas e Rio Grande, ambas localizadas no sul do estado do Rio Grande do Sul, Brasil.

Objetivos específicos

Os objetivos específicos do estudo são:
• Descrever as variáveis sociodemográficas e econômicas - idade, cor da pele, situação conjugal, escolaridade, nível socioeconômico;
• Descrever os hábitos comportamentais - nível de atividade física, tabagismo e ingestão de bebidas alcoólicas;
• Verificar a variável nutricional - índice de massa corporal (IMC);
• Determinar a prevalência de sintomas osteomusculares;
• Determinar a prevalência de transtornos psiquiátricos menores;
• Analisar a qualidade de vida;
• Analisar as características do trabalho; e
• Verificar as características ergonômicas do ambiente de trabalho.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
20
40
JONATHAN BARTH1201/08/201331/07/2014

Página gerada em 11/12/2018 14:06:39 (consulta levou 0.075773s)