Nome do Projeto
Sociologia das práticas econômicas locais, na Região Sul.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/01/2012 - 01/01/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Resumo
Uma breve análise histórica da sociologia e das práticas econômicas dos brasileiros nos remete aos estudos das ciências sociais que se apropriam dos fenômenos econômicos. Recentemente, tal discussão se circunscreve a corrente teórica, chamada de Nova Sociologia Econômica, que busca dialogar com a sociologia clássica e procura o emprego de novos métodos e propostas para a análise do mundo econômico e uma aproximação com a Economia. Este projeto de pesquisa, portanto, tem como fundamentação teórica autores como Max Weber, Karl Polanyi, Neil Smelser, Pierre Bourdieu, Nobert Elias, e Viviana Zelizer. Vale lembrar que existem inúmeros estudos nacionais que abrangem questões relacionadas às mudanças culturais, observadas a partir do crescimento econômico, do avanço do capitalismo e da modernização e, que refletem uma história da disposição econômica dos brasileiros, mas, muitas vezes, não são abordados pelos estudiosos sociais da economia. Primeiramente, portanto, este projeto apresenta como propostas resgatar essa literatura que trata das práticas econômicas cotidianas e locais dos brasileiros. Neste sentido, torna-se atraente mapear os agentes, ou melhor, os fornecedores de idéias sobre o comportamento econômico no Brasil e na região sul, ao longo dos anos, com o objetivo de esboçar uma história da cultura econômica local. Assim, a compreensão do habitus econômico do brasileiro e do gaúcho; como se formou o ideário da economia local na região sul, entendida como economia interna; quais fatores e agentes foram responsáveis pelo modo de pensar a economia local, ou melhor, a economia do dia-a-dia são as questões que norteiam esse projeto. Desse modo, pretende-se mostrar um caminho sociológico para explicar as formas de adaptação de indivíduos tanto socialmente como economicamente e esboçar uma história da cultura econômica local, regional e nacional.

Objetivo Geral

* Mapear os intelectuais da economia brasileira e da região sul, ao longo dos anos, suas teorias, propostas e possíveis publicações de manuais econômicos.

* Compreender como se dá o dinamismo organizacional no século XXI e qual a sua relação, influência, ou mecanismos de reciprocidade estabelecidos entre intelectuais e agentes sociais e econômicos.

* Coletar e analisar manuais de cursos e estudos para administrar a economia, considerando que programas de empreendedorismo surgiram na região sul no Brasil.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
30

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 154.800,00

Página gerada em 17/12/2018 03:09:39 (consulta levou 0.086785s)