Nome do Projeto
Avaliação da interferência do método de ajuste na cor das cerâmicas de cobertura
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2012 - 02/03/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Resumo
As restaurações cerâmicas ou metalocerâmicas são, dentre as restaurações protéticas, as mais utilizadas e aceitas pelos pacientes dadas suas características de longevidade, biocompatibilidade e estética. Entretanto, estas restaurações necessitam desgastes, eventualmente mesmo depois da etapa de glazeamento da cerâmica. O objetivo deste estudo é verificar se durante o ajuste da forma das cerâmicas de cobertura o instrumental utilizado no ajuste pode alterar a cor destas. Serão confeccionados 50 corpos de prova em cerâmica VM7, de forma circular com 1,2 mm de diâmetro. Dez destes corpos de prova (G1= controle) terão 1,5+-0,1mm de espessura e sofrerão glaze logo após sua confecção. Os outros 40 serão feitos com 2,0+-0,1mm de espessura, serão divididos em 4 grupos de 10 e serão desgastados até atingirem a espessura de 1,5+-0,1mm com os seguintes materiais: G2 - desgaste com pontas diamantadas de granulação fina; G3 – desgaste com pontas diamantadas comuns; G4 – desgaste com pedras Dura White e G5 – desgaste com discos de diamante. Após o desgaste os discos serão glazeados e terão sua cor medida com colorímetro Konica-Minolta CR-10. Os dados serão anotados em planilha própria e sofrerão a análise estatística adequada quanto à homogeneidade e adesão à curva normal.

Objetivo Geral

O objetivo deste estudo é verificar se durante o ajuste da forma das cerâmicas de cobertura o instrumental utilizado no ajuste pode alterar a cor destas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
2
2
2
2
2

Página gerada em 17/12/2018 03:11:07 (consulta levou 0.068848s)