Nome do Projeto
Arte e Etnomatemática construindo uma história: os ladrilhos hidráulicos pelotenses
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/11/2012 - 03/05/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Humanas - Educação - Ensino-Aprendizagem
Resumo
O presente trabalho trata, de um modo bastante particular, das relações existentes entre sociedade, cultura e educação matemática. Baseado num estudo dos ladrilhos hidráulicos confeccionados na cidade de Pelotas vem propor uma aproximação de sua confecção com conceitos de matemática desenvolvidos na escola básica. Nesse sentido se utiliza da Etnomatemática buscando relacionar o contexto social no qual sua fabricação acontece, suas diferentes composições, modificações, hibridizações a partir do originário europeu, abrindo caminho para as diversas manifestações que tem reflexo na Educação Matemática.

Objetivo Geral

O ladrilho hidráulico oferece, pelo menos, cinco estilos, padrões geométricos, florais, art déco, art nouveau e desenhos contemporâneos que podem ser utilizados para ilustrar e entender conceitos matemáticos trabalhados na escola básica. Tem-se mais de 300 modelos elaborados a partir dos estilos originais. Isso proporciona um novo paradigma de aprendizagem que pode ser desenvolvido dentro de uma sala de aula, quando possibilita a exploração geométrica de um estilo (medidas, figuras geométricas, combinação de cores) e através desses a composição de novos padrões. Fazendo uso do detalhamento de diferentes conceitos, tais como, ponto, reta, ângulos, localização, funções, fractais, proporcionalidade, combinações, sequências, conjuntos dos números (naturais, inteiros, racionais, irracionais), proporciona aos estudantes um reconhecimento da matemática e de sua articulação com outros campos do saber e de suas aplicações na confecção de um ladrilho. Pode-se observar nos diversos modelos, padrões geométricos relacionados com a construção, simetria de figuras planas, localização de pontos em um determinado quadrante, representação das operações de potenciação e radiciação – através da observação dos quadrados perfeitos, a distinção entre conceitos da análise combinatória – através da decomposição do ladrilho nas figuras percebidas em seu desenho, visualização do ladrilho na forma de uma matriz quadrada, estabelecimento de algumas relações que caracterizam funções, para exemplificar alguns conceitos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
4
MARCIA SOUZA DA FONSECA401/11/201203/05/2014

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 12.000,00

Página gerada em 11/12/2018 13:54:33 (consulta levou 0.068986s)