Nome do Projeto
Manejo da adubação nitrogenada para o arroz irrigado por aspersão no Rio Grande do Sul por meio da fertirrigação
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/07/2012 - 31/12/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola - Engenharia de Água e Solo
Resumo
No Rio Grande do Sul, a produtividade da cultura do arroz, que convencionalmente é irrigada por inundação contínua, tem alcançado patamares elevados de produtividade. Esse método de irrigação apresenta, porém, baixa eficiência, uma vez que utiliza grande volume de água por unidade de produto. Em vista disto, um novo sistema de produção buscando maior sustentabilidade ambiental da lavoura arrozeira vem sendo desenvolvido, no qual a principal mudança é a substituição do método de irrigação de superfície pelo de aspersão, garantindo níveis de produtividade compatíveis e apresentando economia de água superior a 50%. Este novo sistema produtivo traz fortes alterações em vários aspectos tecnológicos do cultivo do arroz, entre as quais se destaca o desempenho de cultivares e os manejos fitossanitários e da adubação. Este novo sistema também permite que o manejo da adubação, particularmente a nitrogenada em cobertura, seja realizado via água (fertirrigação). Assim este trabalho tem como objetivo estabelecer manejo da adubação nitrogenada para o arroz irrigado por aspersão, utilizando-se a técnica da fertirrigação. O experimento será instalado em área experimental da Embrapa Clima Temperado, em Capão do Leão/RS, e o arroz implantado em sistema de plantio direto, irrigado por aspersão. A semeadura do arroz está programada para a segunda quinzena do mês de outubro, utilizando-se uma cultivar de arroz irrigado de ciclo precoce. Para o manejo da irrigação serão instalados, a 10 cm de profundidade, sensores de umidade do solo, procedendo-se a irrigação sempre que a média das leituras dos sensores for de 20 kPa. Os tratamentos de manejo da adubação nitrogenada em cobertura, em número de seis, envolverão variações em doses, no parcelamento e época de aplicação do nutriente, tendo como referência a adubação nitrogenada em cobertura aplicada no solo recomendada para a cultura. Os tratamentos serão dispostos em faixas, cada qual contendo 16 unidades experimentais ou repetições. A avaliação dos tratamentos compreenderá determinações do nível de nitrogênio na planta de arroz, em diferentes estádios do desenvolvimento e, quinzenalmente, ao longo do ciclo do arroz serão realizadas amostragens de plantas para o estabelecimento das curvas de acumulação de matéria seca e de absorção de nitrogênio. Simultaneamente às avaliações de produção de matéria seca e absorção de nitrogênio pelo arroz, serão realizadas avaliações do teor de nitrato na solução do solo por meio dos extratores de solução instalados próximos aos sensores de umidade. Ao final do ciclo de cultivo, proceder-se-á à colheita das plantas, determinando-se o rendimento dos grãos e seus componentes nas unidades experimentais. Os resultados obtidos serão submetidos à análise estatística, comparando-se as médias dos tratamentos de manejo da adubação nitrogenada pelo teste de Tukey (p<0,05). Pretende-se estabelecer o manejo para a adubação nitrogenada em cobertura no arroz irrigado por aspersão, utilizando-se a técnica da fertirrigação.

Objetivo Geral

-Determinar a resposta do arroz irrigado por aspersão à adubação nitrogenada em cobertura, aplicada via água de irrigação.
-Estabelecer parcelamento e épocas de adubação nitrogenada via água de irrigação, para o arroz irrigado por aspersão.
-Comparar o efeito da adubação nitrogenada em cobertura aplicada via solo e via água de irrigação sobre o nível de nitrogênio da planta, desempenho produtivo e eficiência de utilização do nutriente pela cultura.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
02
02
02
02
02
02
02
02
02
02
02
02
20
20
20
JEFERSON DE LIMA DE MENEZES1201/08/201331/07/2015
PÂMELA ANDRADES TIMM1201/08/201531/07/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 0,00
CNPqR$ 0,00

Página gerada em 09/12/2018 17:46:58 (consulta levou 0.104455s)