Nome do Projeto
Adequação da vacina contra a Hepatite B nas gestantes do município de Pelotas/RS e sua recomendação pelos profissionais de saúde
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2012 - 02/03/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Resumo
O município de Pelotas possui uma população de 328.275 habitantes (fonte Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2010) e, conta, no sistema público de saúde, com cinquenta e duas Unidades Básicas de Saúde (UBS), das quais treze estão na zona rural, cinco estão ligadas às universidades, e, dezessete delas contam com equipes de Estratégia de Saúde da Família, que atende aproximadamente 30% da população. A rede hospitalar para o serviço de obstetrícia é composta por um hospital público (Hospital Escola UFPEL), três hospitais filantrópicos (Hospital São Francisco de Paula, Santa Casa de Misericórdia de Pelotas e Sociedade Portuguesa de Beneficência de Pelotas) e um hospital privado (Hospital Miguel Piltcher). O objetivo do pré-natal, amplamente ofertado pelos serviços de saúde supracitados, é assegurar um bom desenvolvimento gestacional, propiciando o parto de um RN saudável. A vacinação contra VHB em gestantes, medida recomendada durante o pré-natal, foi inserida recentemente no calendário vacinal e está disponível em todas as UBS do Brasil. A manutenção de altas taxas de CV em grupos prioritários e vulneráveis, como as gestantes, assegurará que as gerações futuras sejam protegidas da infecção do VHB e suas consequências (FERREIRA, 2006). Sabendo-se que as hepatites virais constituem um importante problema de saúde pública e tendo em vista a efetividade da vacinação para a prevenção do VHB e da TV, é de fundamental importância verificar a adequabilidade da vacinação da hepatite B em gestantes (BRASIL, Atenção ao pré-natal de baixo risco, 2012).

Objetivo Geral

Objetivo geral

• Avaliar a adequação da VCHB em gestantes no município de Pelotas.



Objetivos específicos

• Descrever a CV em gestantes no município de Pelotas.
• Descrever a recomendação da vacina pelos profissionais de saúde do município.
• Descrever as diferenças na cobertura e recomendação da vacina pelos profissionais de saúde em gestantes usuárias do sistema público, privado e convênios.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
04
16
MARIA FERNANDA SIILVEIRA ESPINDOLA1206/07/201302/03/2014
MARILIA ARNDT MESENBURG206/07/201302/03/2014

Página gerada em 15/12/2018 09:35:16 (consulta levou 0.085781s)