Nome do Projeto
Línguas estrangeiras: perspectivas emergentes em aprendizagem de línguas, elaboração de materiais e formação de professores
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
25/04/2013 - 25/01/2016
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Aplicada
Resumo
Práticas sociais envolvem e decorrem do uso dos recursos tecnológicos digitais, dentre elas aquelas que têm a linguagem como ponto central. Tem sido crescente o interesse de professores, alunos e instituições na utilização de ferramentas tecnológicas, muitas vezes, porém, sem a devida reflexão sobre princípios pedagógicos que sustentem construção de conhecimento. A Linguística Aplicada avançou nos últimos anos no tocante ao acesso e domínio dà tecnologia. Porém, percebe-se que a reflexão acerca dos recursos e das práticas pedagógicas de língua estrangeira (LE) deve avançar. Nota-se que, embora as novas TICs estejam amplamente difundidas, sua inserção em ambiente escolar não está totalmente normalizada, seja pela novidade da prática, seja pelo caráter recente de dado elemento. Partindo do entendimento de que a sala de aula é um Sistema Adaptativo Complexo, considera-se que ferramentas, materiais e práticas com TICs são elementos externos ao SAC e, devido à susceptibilidade sistêmica a elementos, atuam como atratores estranhos, os quais provocam perturbações e auto-organização constantes. Assim, sob uma perspectiva Complexa, faz-se necessária a reflexão sobre o desenvolvimento de LE, a elaboração e uso de Objetos de Aprendizagem de Línguas e a formação de professores de LE para o uso de TICs, tanto no que diz respeito aos materiais pedagógicos desenvolvidos para a sala de aula virtual, quanto às práticas de professores e alunos no ensino/aprendizagem por meio das TICs.

Objetivo Geral

O objetivo principal do projeto é analisar, refletir e produzir subsídios teóricos sobre a aprendizagem de línguas por meio das tecnologias da informação e da comunicação (TICs), especialmente no que diz respeito às práticas pedagógicas e à construção do conhecimento com ferramentas digitais.


Também é objetivo produzir conhecimento sobre as peculiaridades da produção de materiais para a aprendizagem em meio telemático, analisando sistemas de autoria e discutindo (novas) formas de elaboração e de utilização de atividades com as TICs. O trabalho investigativo terá suporte teórico no paradigma da Complexidade – Pensamento Complexo, Teoria do Caos (MORIN, 1995; GLEICK, 1989; PIAGET, 1973) – e em conceitos ligados à Ciência da Computação e ao Design, como a Usabilidade (NIELSEN, 1994) e a Usabilidade Pedagógica (VETROMILLE-CASTRO, 2003).



As ações desenvolvidas envolverão alunos de graduação, o que propiciará aos estudantes contato com o trabalho de pesquisa, o qual deve fazer parte de sua formação profissional e é, portanto, objetivo do projeto. Pretende-se, ainda, desenvolver ações com alunos da pós-graduação stricto sensu, sejam do PPGL/Mestrado, sejam de instituições parceiras.



Dentre as metas, as quais decorrem das ações desenvolvidas pelos pesquisadores integrantes, estão a oferta de disciplina no curso de Letras – em nível de graduação e de pós-graduação – e de curso de extensão, tratando da inserção das TICs no cenário educacional, seja ele presencial, semi-presencial ou a distância. Também é meta do projeto a participação em congressos (como o WorldCALL, Congresso Mundial de Aprendizagem de Línguas Mediada por Computador, a ser realizado em Glasgow, em julho de 2013) e salões de iniciação científica, tanto por parte dos professores quanto dos alunos pesquisadores, com vistas à divulgação do trabalho de pesquisa. Da mesma forma, é prevista a submissão de artigos científicos a periódicos de referência, dando visibilidade à pesquisa desenvolvida na instituição.



É igualmente objetivo do projeto oferecer módulos de aperfeiçoamento técnico-pedagógico a professores de língua inglesa da rede pública, por meio de projeto de extensão, ministrados por pesquisadores de diversas áreas, com vistas a refletir sobre a utilização de recursos tecnológicos para aprendizagem de LE no ensino fundamental e médio, bem como sobre as peculiaridades do desenvolvimento de línguas adicionais na sociedade hoje.



Também é meta do projeto a finalização de um banco de atividades para a aprendizagem de línguas online (BALL – Bank of Activities for Language Learning). O BALL reúne materiais CALL, os quais são hospedados em sítio eletrônico, ligado ao LAMPELL – Laboratório Multimídia de Pesquisa em Estudos da Linguagem e Literatura, obtido com recursos do edital Pró-Equipamentos 2011. Futuramente, cada material será submetido a uma comissão de especialistas a ser montada e, recebendo parecer favorável, passará a constituir o acervo do BALL. O acervo ficará disponível a autores e a professores em geral, como apoio a suas aulas. Para a conclusão da meta, será feito um levantamento de possibilidades de ambientes para hospedagem dos materiais, a customização da plataforma escolhida e a elaboração e seleção de materiais que serão submetidos à comissão editorial do BALL.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
2
2
2
2
2
2
GABRIELA JESUS PEREIRA1201/10/201331/10/2013
HELENA REZENDE RAMIRES1201/08/201330/09/2013
KATHLEEN SIMÕES FERREIRA1201/08/201431/07/2015
KATHLEEN SIMÕES FERREIRA1201/08/201331/07/2014
MISAEL KRÜGER LEMES1201/03/201431/07/2015
NATÁLIA CARIVALIS FERNANDES DE SOUZA1201/08/201431/07/2015
NATÁLIA CARIVALIS FERNANDES DE SOUZA1201/11/201331/07/2014
PATRICK SILVA DE MATTOS1201/08/201431/07/2015

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 45.000,00

Página gerada em 21/09/2020 16:47:41 (consulta levou 0.073147s)