Nome do Projeto
Construção e avaliação de vacinas de DNA contra a leptospirose utilizando antígenos fusionados de Leptospira interrogans
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/10/2013 - 03/10/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Resumo
A leptospirose é uma doença tropical emergente negligenciada. O controle da enfermidade através do uso de vacinas convencionais apresenta eficiência comprovadamente limitada. A imunidade induzida por estas vacinas é de curta duração e sorovar específica, ou seja, protege apenas contra os sorovares presentes na vacina. Recentemente, nosso grupo demonstrou o potencial imunoprotetor promissor das proteínas de membrana externa LipL32, LigANI e LigBNI de Leptospira interrogans cepa Fiocruz L1-130 em hamster (Mesocricetus auratus), um modelo animal suscetível a leptospirose. Neste projeto, estamos propondo a construção de quimeras com as proteínas LipL32, LigANI e LigBNI, preparadas na forma de vacinas de DNA, e a sua posterior avaliação em hamsters. O projeto será desenvolvido em colaboração com o CDTec–UFPel, através do pesquisador Odir Antônio Dellagostin e sua equipe, os quais participarão da etapa de construção e caracterização das vacinas que serão testados, e com o Laboratório de Virologia-UFPel, através do pesquisador Geferson Fischer e sua equipe, na etapa que envolve ensaios com cultivos celulares. Com isso, este estudo possibilitará a identificação de antígenos protetores, que poderão resultar em uma vacina contra leptospirose humana e animal.

Objetivo Geral

Objetivo geral
• Construir vacinas de DNA com antígenos fusionados de L. interrogans que sejam capazes de conferir proteção de amplo espectro em modelo animal.

Objetivos específicos
• Fusão das sequencias codificadoras de LipL32, LigANI e LigBNI de L. interrogans cepa Fiocruz L1-130 para obtenção de vacinas de DNA;
• Produzir as proteínas recombinantes rLipL32, rLigANI e rLigBNI no sistema de expressão heterólogo Escherichia coli;
• Caracterização antigênica das vacinas de DNA construídas utilizando anticorpos monoclonais para cada subunidade e soros humanos convalescentes;
• Avaliar a resposta imune humoral e celular dos hamsters imunizados;
• Testar o potencial imunoprotetor destas preparações vacinais em hamsters através de teste de desafio com cepa virulenta.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
KARINA COLONETTI202/10/201303/10/2016
NAJARA CARNEIRO BITTENCOURT202/10/201303/10/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 0,00
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 0,00

Página gerada em 12/12/2018 12:39:11 (consulta levou 0.060506s)