Nome do Projeto
Produção e caracterização de IgY para o diagnóstico precoce e o controle da leptospirose
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/10/2013 - 03/10/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Resumo
A leptospirose é uma zoonose de distribuição mundial causada por bactérias do gênero Leptospira. A enfermidade é reconhecida atualmente como uma das doenças infecciosas negligenciadas no mundo. As incidências da leptospirose humana e animal são subestimadas, devido principalmente pela inexistência de um teste de diagnóstico para a fase aguda da doença. No Brasil e na América Latina, a doença tem se expandido do meio rural para se tornar a causa de epidemias associadas aos períodos de chuva no ambiente urbano das grandes cidades. As medidas terapêuticas atuais não tem tido um impacto na redução da letalidade e, portanto, novas abordagens para a prevenção e diagnóstico da leptospirose precisam ser urgentemente desenvolvidas. Neste contexto, as proteínas rLipL32, rLigANI e rLigBNI, importantes fatores de patogenicidade da Leptospira interrogans sorovar Copenhageni cepa L1-130, serão utilizadas na imunização de galinhas para obtenção de anticorpos policlonais IgY. Após a produção e a caracterização dos anticorpos obtidos, eles serão testados em diferentes formatos de ELISA de captura de antígeno e em ensaios de imunoproteção passiva em hamsters, visando avaliar o seu potencial de uso tanto para o diagnóstico laboratorial e como na imunização contra a leptospirose.

Objetivo Geral

Objetivo geral
Produzir e caracterizar anticorpos IgY contra fatores de virulência de Leptospira interrogans cepa Fiocruz L1-130 para uso no desenvolvimento de vacina e teste de diagnóstico.
Objetivos específicos
• Obter as proteínas de membrana externa LipL32, LigANI e LigBNI na forma recombinante;
• Obter anticorpos IgY contra as proteínas de membrana externa rLipL32, rLigANI e rLigBNI;
• Comprovar a especificidade das IgY produzidas através de ELISA e Western blot com as proteínas recombinantes e a nativa;
• Realizar o processo de conjugação das IgY;
• Padronizar um ELISA de captura de antígeno usando os anticorpos produzidos com soros experimentalmente contaminados com leptospiras inativadas;
• Avaliar o ELISA de captura de antígeno usando soros de pacientes com leptospirose e de pacientes sadios fornecidos pelo Cpqgm/Fiocruz;
• Testar a eficiência dos anticorpos IgY produzidos, em ensaios de imunização passiva através de teste de desafio com cepa homóloga em hamsters.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDREIA NOBRE ANCIUTI1201/08/201331/07/2014

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 1.000,00
CNPqR$ 19.950,00

Página gerada em 17/12/2018 18:04:09 (consulta levou 0.125109s)