Nome do Projeto
Processos de Escolarização em Comunidades Quilombolas: Dados e Perspectivas
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
07/11/2013 - 20/12/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Humanas - Educação
Resumo
Este projeto tem por objetivo mapear os níveis de escolarização de 25 comunidades quilombolas da Região Sul do Rio Grande do Sul, localizadas nos municípios de Pelotas, São Lourenço do Sul , Piratini e Canguçu. Buscar-se-á uma perspectiva investigativa de qualitativa que será um estudo de caso que busca entender a Escolaridade em Quilombos, as técnicas para investigação serão: documental, aplicação de um instrumento objetivo sob a forma de questionário, uma abordagem qualitativa através de observações participantes em reuniões das Associações Quilombolas e entrevista semi-estruturadas com os sujeitos envolvidos. Tal projeto dialoga com outras perspectivas de origem extensionistas que fazem parte do Programa Formação Docente e Políticas Educacionais para Quilombos: Continuidades e Perspectivas.

Objetivo Geral

Mapear o nível de escolaridade de 25 comunidades remanescentes da região sul do Rio Grande do sul;
• Identificar a escolaridade observando aspectos geracionais e de gênero;
• Analisar como se deu o processo de aquisição de escrita e leitura para as pessoas que não frequentaram a escola;
• Observar os motivos da evasão escolar;
• Avaliar se existe desejo para aqueles/as que saíram da escola em
retornar a estudar;
• Categorizar os elementos estruturantes da história de escolarização, ou não, das famílias negras e quilombolas e identificar as possibilidades contidas de um trabalho pedagógico a partir da lei 10639/03 e Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Escolar Quilombola;
• Articular as experiências investigativas às práticas extensionistas de formação, fórum e encontros como forma de compreensão do fenômeno de escolarização;
• Analisar o processo de organização política das comunidades na relação coma as políticas públicas para quilombos tanto de regularização fundiária como educacional;
• Elencar as questões que transversalizam os processos de evasão, repetência e dificuldades no processo de escolarização de modo a refletir acerca de uma perspectiva multidisciplinar como componente da Educação Escolar em Quilombos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDRÉ GOMES DE ALMEIDA1007/11/201320/12/2014
CARMEN LÚCIA FERREIRA DE SOUZA1007/11/201320/12/2014
DEISE TERESINHA RADMANN CUNHA1007/11/201320/12/2014
LAUREN BARBOSA ANTUNES1007/11/201320/12/2014
LUIZA MINHO MELLO1007/11/201320/12/2014
PATRÍCIA DA SILVA FERREIRA1020/11/201320/12/2014
SABRINA DE SOUZA SILVA1007/11/201320/12/2014

Página gerada em 18/09/2019 04:37:18 (consulta levou 0.084326s)