Nome do Projeto
TRIAGEM NUTRICIONAL EM PACIENTES ONCOLÓGICOS IDOSOS: Um estudo multicêntrico Luso-Brasileiro
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2014 - 31/12/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Nutrição
Resumo
O câncer está associado ao envelhecimento e, aproximadamente, 60% de todas as neoplasias e 70% da mortalidade ocorrem em indivíduos com idade acima de 65 anos. O sucesso da terapêutica empregada está diretamente relacionado ao estado nutricional do paciente oncológico. A agressividade e a localização do tumor, os órgãos envolvidos, as condições clínicas, imunológicas e nutricionais impostas pela doença e agravadas pelo diagnóstico tardio, assim como a magnitude da terapêutica são fatores que podem comprometer o estado nutricional com graves implicações prognósticas. A determinação do estado nutricional do idoso deve considerar, entre outros aspectos, a complexa rede de fatores, ressaltando-se o isolamento social, a solidão, as doenças crônicas, as incapacidades e as alterações fisiológicas próprias do processo de envelhecimento. A triagem nutricional deve ser realizada por meio de técnica simples e rápida, para que possa ser incorporada à rotina diária de avaliação dos pacientes nos diversos ambientes, seja ambulatorial ou hospitalar. A MNA é ferramenta simples e útil na prática clínica para realizar avaliação nutricional de pacientes idosos que embora não seja específica para pacientes com câncer, vários estudos demonstram ser bom instrumento para diagnosticar desnutrição, tendo boa associação com parâmetros laboratoriais de inflamação/caquexia. Existe escassez de dados sobre o perfil nutricional dos pacientes idosos oncológicos e se o estado nutricional inicial, obtido por meio da triagem nutricional, é capaz de predizer o desfecho clínico desses pacientes.

Objetivo Geral

- Avaliar o estado nutricional de indivíduos idosos com câncer por meio da MAN e associar
esses parâmetros com a localização da doença e o tempo de internação;
- Associar sinais e sintomas com a localização da doença;
- Associar os parâmetros antropométricos com a localização da doença;
- Associar os dados obtidos com a utilização da MAN com os dados obtidos com a AGS-PPP
dos paciente idosos do Inquérito Brasileiro de Nutrição Oncológica do INCA.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CÍNTIA TICIANE BIERHALZ VERLI401/03/201431/12/2014
CÍNTIA TICIANE BIERHALZ VERLI401/03/201431/12/2014
ELIZA MARQUES DI PRIMIO401/03/201401/03/2014
ELIZA MARQUES DI PRIMIO401/03/201401/03/2014
LUCIA ROTA BORGES201/03/201431/12/2014
PATRICIA ABRANTES DUVAL401/03/201431/12/2014
RENATA TORRES ABIB201/03/201431/12/2014
ROSANE SCUSSEL GARCIA401/03/201431/12/2014

Página gerada em 14/12/2018 08:17:39 (consulta levou 0.096699s)