Nome do Projeto
Suporte social e atividade física em idosos: um estudo de base populacional
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
30/03/2014 - 28/02/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Resumo
A atividade física é um comportamento que cada vez mais vem sendo relatado na literatura como importante na manutenção de um estilo de vida saudável. Entre seus benefícios estão à redução da mortalidade por todas as causas, doenças crônicas como hipertensão, diabetes tipo II, melhora na saúde dos ossos, melhora na cognição, entre outros (9, 43). A atividade física também melhora a qualidade de vida dos indivíduos assim como o bem estar e aumenta a interação social (8, 9). Assim, torna-se um importante contribuinte na manutenção da saúde dos indivíduos idosos. Apesar da importância da atividade física já estar consolidada na literatura, uma grande parte da população se mantém inativa (15). Entre sujeitos com 60 anos ou mais esta situação apresenta-se de forma ainda mais preocupante (44). Dessa forma é essencial identificarmos mecanismos que proporcionem o aumento no nível de atividade física entre estes indivíduos. Estudos demonstram que o suporte social de amigos ou familiares para a prática de atividade física tem um efeito positivo sobre a prática e manutenção da atividade física (61, 71, 72, 77). Ou seja, quando amigos ou familiares encorajam à prática, convidam, custeiam ou simplesmente realizam a prática juntamente com o sujeito, este tende a ser mais ativo do que aqueles indivíduos que não recebem este tipo de suporte de suas redes sociais (60). A relação entre suporte social e atividade física está bem identificada na literatura na faixa etária adulta, porém existe uma escassez de pesquisas neste sentido em amostras com adolescentes e idosos, mas principalmente neste último grupo etário. Em Pelotas especificamente foram realizados dois estudos observando a associação entre estes aspectos, sendo um com adultos (24) e outro com adolescentes (100) onde ambos encontraram associação positiva entre atividade física e suporte social. A falta de estudos sobre suporte social e atividade física em idosos cria uma grande lacuna na área de conhecimento acerca de como estes dois aspectos se relacionam entre idosos. Frente a esse contexto, é importante estudar a associação entre suporte social e atividade física em idosos para podermos compreender melhor a relação entre os dois fatores, visando assim, o aumento do nível de atividade física destes idosos e atender melhor as necessidades destes sujeitos.

Objetivo Geral

Geral


Investigar a associação entre atividade física de lazer e deslocamento e suporte social em idosos residentes na zona urbana do município de Pelotas, RS.



Específicos


Identificar a prevalência de atividade física entre idosos da zona urbana de Pelotas;
Descrever os padrões de suporte social para a prática de atividade física de lazer e deslocamento de acordo com:

Sexo;
Idade;
Situação conjugal;
Cor de pele;
Escolaridade;
Nível sócio econômico.
• Verificar a associação do suporte social de amigos com a prática de atividade física no lazer e deslocamento através de:

Convite;
Incentivo;
Prática conjunta.
Verificar a associação do Suporte Social de familiares para atividade física no lazer e deslocamento através de:

Convite;
Incentivo;
Prática conjunta.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDREA WENDT BÖHM230/03/201428/02/2015
GRÉGORE IVEN MIELKE130/03/201428/02/2015

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 75.000,00
Recursos própriosR$ 7.000,00

Página gerada em 10/12/2018 20:45:12 (consulta levou 0.077632s)