Nome do Projeto
Guias de desenho urbano para a preservação histórica considerando a identidade local, a percepção do usuário e o desenvolvimento econômico de cidades históricas
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
07/07/2014 - 07/07/2016
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo
Resumo
A cidade é uma verdadeira manifestação de cultura. Consiste em todas as manifestações produzidas ao longo dos anos e no espaço, referenciando assim, a imagem e a identidade de seus moradores. A cidade é obra produto do ser humano, por isso, tem a dimensão da vida humana. É uma construção do espaço, do seu cotidiano, redefinindo as formas de apropriação e de produzir esses espaços. Para que a identidade de uma cidade seja preservada é necessário estimular a conscientização e a conservação do seu patrimônio histórico, cultural, arquitetônico e urbanístico para gerações atuais e futuras. Portanto, para preservar é preciso que a cidade considere a importância do valor do patrimônio, da sua história, de suas edificações de época e de sua arquitetura. Nesta perspectiva, o presente estudo pretende investigar a percepção dos frequentadores dos prédios em área de preservação e definir guias de desenho para a preservação histórica considerando a identidade local, a percepção e desenvolvimento econômico da região de Bagé no Rio Grande do Sul. Diante disso, será feito uma busca histórica desses prédios, identificando os ambientes quanto sua definição primária e os costumes, considerando os modos de viver em diferentes momentos da realidade. Será escolhida a cidade de Bagé/RS devido sua importância no referencial histórico e arquitetônico para o sul do Brasil. Atualmente o centro da cidade se apresenta como há décadas, possuindo um centro histórico imensamente rico na preservação do patrimônio arquitetônico. Contudo, após a identificação e catalogação pelo Plano Diretor, como área de interesse de preservação, muitos casarios encontram-se em constante descaracterização, assim como alguns prédios residenciais que tiveram seu uso adaptados para o comércio. Os prédios localizados na área de preservação, apresentam mudança de uso, mas tem locais que têm mantido a identidade destes espaços, superando os desafios do tempo, por ter ultrapassado mais de uma década de funcionamento, referenciando assim, um resgate à memória do lugar ao deixar viva a história do centro histórico de Bagé.

Objetivo Geral

Para que a identidade de uma cidade seja preservada é necessário estimular a conscientização e a conservação do seu patrimônio histórico, cultural, arquitetônico e urbanístico para gerações atuais e futuras. Segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), o patrimônio histórico pode ser definido como um bem que apresenta significado e expressa importância para a sociedade, pois foram produzidos e construídos pelas sociedades passadas, representando assim uma fonte de pesquisa e de preservação cultural. Portanto, para preservar é preciso que a cidade considere a importância do valor do patrimônio, da sua história, de suas edificações de época e de sua arquitetura. Nesta perspectiva, o presente estudo pretende investigar a percepção dos frequentadores dos prédios em área de preservação e definir guias de desenho para a preservação histórica considerando a identidade local, a percepção e desenvolvimento econômico da região de Bagé – RS. Este estudo avalia as características sócio econômicas e culturais dos usuários desses lugares; identificar a percepção quanto à importância de preservar o patrimônio histórico e arquitetônico da sua cidade; avaliar a percepção do espaço físico dos ambientes quanto a estrutura e suas necessidades para um novos usos. Esta pesquisa terá como relevância reforçar a importância de preservar a identidade e a memória de lugar. Diante disto, será feito uma busca histórica desses prédios, identificando os ambientes quanto sua definição primária e os costumes, considerando os modos de viver em diferentes momentos da realidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANE LUIZ ALVES3007/07/201407/07/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 1.350,00

Página gerada em 20/11/2019 22:52:24 (consulta levou 0.068019s)