Nome do Projeto
USO DE SILÍCIO NA PROTEÇÃO DE PLANTAS, CRESCIMENTO INICIAL, PRODUÇÃO E COMPONENTES DE RENDIMENTO DE ESPÉCIES OLERÍCOLAS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
18/04/2014 - 01/05/2016
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Resumo
O uso de sementes de qualidade é fundamental para a agricultura. Estratégias alternativas de manejo e controle de doenças e pragas, além da utilização de novos insumos no manejo nutricional do solo têm despertado bastante interesse de agricultores e pesquisadores, principalmente pelo potencial de uso comercial e baixo impacto ambiental. A tecnologia baseada no uso de silício é limpa e sustentável, com enorme potencial para diminuir o uso de agrotóxicos e aumentar a produtividade das culturas, devido principalmente a uma nutrição mais equilibrada e, fisiologicamente, mais eficiente. O estado nutricional da planta interfere no rendimento, germinação e vigor das sementes. A adubação com silício proporciona a deposição de sílica amorfa em paredes celulares, aumentando a sua rigidez e elasticidade. Plantas que acumulam altas quantidades de silício apresentam maior crescimento e resistência às doenças e pragas. Diante do exposto, o presente trabalho será realizado com os objetivos de: a) Avaliar os efeitos das fontes de silício na nutrição mineral e crescimento inicial de plantas; b) Definir a dose de silício que apresente máxima eficiência produtiva; c) Avaliar a melhor fonte de silício para cada espécie; d) Testar os diferentes métodos de aplicação; e) Estudar os efeitos do silício na proteção de plantas e sanidade de sementes e plântulas; f) Associar os efeitos do silício aos atributos de qualidade das olerícolas e sementes produzidas; g) Quantificação de silício nas plantas e analise das alterações morfológicas decorrentes da aplicação. As espécies olerícolas avaliadas serão: tomate, pimentão, berinjela, pepino, abobrinha e abóbora. As características fisiológicas, produção, crescimento de plantas, e sanidade das sementes e plântulas oriundas dessas plantas tratadas com silício serão analisadas no Laboratório Didático de Sementes da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel da Universidade Federal de Pelotas.

Objetivo Geral

O objetivo do presente projeto é avaliar a eficiência da aplicação, crescimento inicial, proteção de plantas, produtividade e a qualidade das sementes de espécies olerícolas adubadas com silício.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CASSYO DE ARAUJO RUFINO1018/04/201431/05/2015
GABRIEL BANDEIRA DUARTE1018/04/201401/05/2016
GERI EDUARDO MENEGHELLO1018/04/201401/05/2016
JUCILAYNE FERNANDES VIEIRA2018/04/201401/05/2016
LILIAN VANUSSA MADRUGA DE TUNES118/04/201401/05/2016
MATHEUS TESSMANN2018/04/201401/05/2016
MATHEUS TESSMANN1201/08/201431/07/2015
MICHELE CARLA NADAL1018/04/201401/05/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 20.000,00

Página gerada em 29/10/2020 06:10:00 (consulta levou 0.130028s)