Nome do Projeto
GRAVURA ARTÍSTICA E ENGENHARIA DIGITAL: O TRABALHO DE EQUIPE EM EXPERIÊNCIAS MULTIDISCIPLINARES
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
16/06/2014 - 30/11/2016
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar - Interdisciplinar
Resumo
Esta é uma pesquisa multidisciplinar que se desenvolve no Atelier de Gravura do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), e inclui experiências que interseccionam o campo da arte com o campo da engenharia eletrônica. O projeto aqui apresentado partiu de dois projetos distintos que se interseccionam: os projetos de pesquisa com gravura não-tóxica e o projeto de extensão 'Ações multidisciplinares com arte e engenharia digital', que está em andamento desde abril de 2012, no Atelier de Gravura do Centro de Artes e no Laboratório de Sistemas Digitais do Centro de Engenharias da UFPel. Uma parte do cruzamento de nossas atividades está direcionada à adequação dos procedimentos de gravura artística para a gravação de placas de circuitos impressos (PCI) na engenharia eletrônica. Incluímos, nestas experimentações, os conhecimentos recentemente desenvolvidos com gravação não tóxica (usados na gravura artística) para as gravações das PCIs. As ações desta pesquisa se estendem também à Escola Estadual de Ensino Fundamental incompleto Dr. José Brusque Filho, em Pelotas, onde já desenvolvemos ações com o projeto de extensão multidisciplinar com arte e engenharia. A metodologia da pesquisa envolve conexões entre teoria e prática. Dentre os procedimentos metodológicos, estaremos documentando todas as atividades do grupo, com fotos, anotações, observações e textos que possam registrar os processos de criação e o desenvolvimento das ideias com as contribuições de cada um. As experiências multidisciplinares podem motivar o ensino de gravura e de engenharia eletrônica a partir da inclusão de novas metodologias com atividades que colocam em relação estudantes de artes e estudantes de engenharia. Esperamos que esta pesquisa possa contribuir para ampliar as perspectivas de trabalho em equipe e de integração de conhecimentos dos artistas com os engenheiros, através da realização de obras conjuntas. Palavras-chave: processos de interação, multidisciplinaridade, engenharia eletrônica, gravura, tecnologias digitais.

Objetivo Geral

Entre as questões que pretendemos desenvolver nesta pesquisa destacamos:
(a) verificar os modos de interação entre estas duas áreas do conhecimento;
(b) adequar as técnicas e procedimentos não-tóxicos e de eletrólise para a gravação de matrizes de gravura em metal e de placas de circuito impresso;
(c) empregar a eletrônica e a tecnologia digital em obras interativas, e
(d) incentivar a interação entre estudantes da graduação das Artes Visuais e da Engenharia Eletrônica com os estudantes do ensino fundamental através de ações de cooperação entre o grupo de pesquisa e escolas do ensino fundamental.

OBJETIVO GERAL:
Verificar os modos de interação entre estas duas áreas do conhecimento e incentivar a interação entre os estudantes dos cursos de graduação do Centro de Artes e do Centro de Engenharias da UFPel.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
1. Realizar atividades conjuntas e ações integradoras que envolvam as duas áreas que compõem este projeto: artes visuais e engenharia;
2. Empregar os conhecimentos de engenharia eletrônica e as tecnologias digitais em obras interativas propostas pelo grupo e nos demais dispositivos criados pelo grupo;
3. Adequar as técnicas e procedimentos não-tóxicos e de eletrólise para a gravação de matrizes para serem usadas tanto na gravura em metal como nas placas de circuito impresso;
4. Promover a integração entre os estudantes destes cursos de graduação da UFPel com os estudantes do ensino fundamental através de ações de cooperação entre o grupo de pesquisa e a escola do ensino fundamental;
5. Verificar a exeqüibilidade dos métodos e processos alternativos para as gravações que incluam tecnologia limpa, para a não agressão do meio ambiente nem prejuízo da saúde do artista-gravador, de acordo com a realidade brasileira;
6. Desenvolver tinta artesanal a base d’água (com pigmentos naturais) a ser utilizada na impressão das gravuras em metal, verificando modos de trabalho conjunto das áreas;
7. Comparar estas possibilidades de tecnologia limpa com os processos tradicionais de gravação da matriz em metal e na sua utilização na gravação de PCI;
8. Registrar todos os processos desenvolvidos na realização desta pesquisa;
9. Sistematizar as descobertas obtidas durante esta pesquisa;
10. Apresentar os resultados em congressos e publicações da área.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CLAUDIO TAROUCO DE AZEVEDO1201/12/201301/12/2016
DIEGO HENRIQUE BARBOZA1201/08/201531/07/2016
GEISON DE LIMA MARTINS1201/05/201531/07/2016
LARISSA DORNELLES DA SILVA RATES1201/08/201428/02/2015
REGINALDO DA NOBREGA TAVARES216/06/201430/11/2016
VINÍCIUS COLATTO ROSSO1201/03/201530/04/2015

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 50.000,00
CNPqR$ 26.000,00

Página gerada em 14/11/2019 09:52:28 (consulta levou 0.166031s)