Nome do Projeto
Efeitos subletais do glifosato no crescimento e reprodução do peixe anual Cynopoecilus melanotaenia (Regan, 1912)
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/08/2014 - 01/08/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Comparada
Resumo
Os peixes anuais ocorrem em habitats temporários que sofrem períodos de seca, portanto, possuem ciclo de vida rápido e embriões adaptados para suportar dessecação, permanecendo em diapausa ate o novo período de chuvas. As espécies deste gênero possuem alto grau de endemismo e a maioria delas está ameaçada de extinção. No sul do Rio Grande do Sul, algumas dessas espécies de killifishes como Cynopoecilus melanotaenia estão ameaçadas pela prática de culturas como o arroz e a soja, que além da imposição da monocultura e degradação do ambiente, ainda empregam agrotóxicos que por muitas vezes poluem águas superficiais. Um dos agrotóxicos mais utilizados na região é o Roundup®, que possui ação herbicida não seletiva e contém em sua fórmula comercial como ingrediente ativo o glifosato. Devido a sua alta solubilidade em água (10 gL-1) o glifosato possui grande relevância para ecotoxicologia de ambientes aquáticos. Em peixes, já foi comprovada alterações no perfil hormonal de Rhamdia quelen, causando efeito deletério na viabilidade de seus embriões. Para o peixe Leporinus obtusidens, a ação do glifosato levou à diminuição no ganho de massa, diminuição na atividade da acetilcolinesterase cerebral, do glicogênio hepático e alterações hematológicas diversas. Desta forma, considerando o elevado grau de endemismo do grupo em estudo, sua condição de risco de extinção e a sobreposição dos cultivares que empregam o glifosato, o presente estudo visa reconhecer os efeitos subletais deste herbicida no crescimento e reprodução de C. melanotaenia, em busca de subsídios para estratégias de conservação e manejo desta espécie.

Objetivo Geral

Objetivo Geral
Avaliar o efeito do glifosato no crescimento e reprodução do peixe anual Cynopoecilus melanotaenia.

Objetivos Específicos
Avaliar o efeito do glifosato sobre a fisiologia de C. melanotaenia, nos aspectos a seguir:
- No desenvolvimento embrionário, taxa de eclosão e controle das diapausas;
- No crescimento inicial, idade e peso de primeira maturação (puberdade);
- No fator de condição, índices gonadossomático e hepatossomático, desenvolvimento gonadal, fertilidade e fecundidade;
- Nos níveis hormonais de cortisol e dos esteróides gonadais (desregulação endócrina);
- Marcadores de estresse oxidativo;
- Alterações hematológicas nos reprodutores (anomalias nucleares e leucograma).

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRUNA ZAFALON DA SILVA1201/08/201301/08/2014
YURI DORNELLES ZEBRAL1201/10/201231/03/2014

Página gerada em 14/12/2018 08:34:51 (consulta levou 0.090342s)