Nome do Projeto
ASPECTOS RELACIONADOS À TRANSMISSÃO VERTICAL DO HIV E DA SÍFILIS ENTRE 2007 E 2012: OPORTUNIDADES PERDIDAS DE PREVENÇÃO - ESTUDO MULTICÊNTRICO
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
16/08/2014 - 31/12/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Medicina
Resumo
Apesar da oferta dos testes diagnósticos e tratamento para as gestantes, as taxas de transmissão vertical tanto de infecção pelo HIV como de sífilis não tem declinado da forma esperada, o que evidencia que somente o acesso ao diagnóstico não é suficiente para garantir a melhoria da qualidade da atenção à gestante portadora de HIV/AIDS e/ou sífilis. Os objetivos do estudo são descrever o perfil epidemiológico dos casos notificados de infecção pelo HIV e sífilis em gestantes e de AIDS em crianças e sífilis congênita; e avaliar as causas de falhas na prevenção dessas infecções nos estados do Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Estudo com componente quantitativo com levantamento de dados epidemiológicos de TV do HIV e sífilis. Serão realizadas análises dos dados de notificação no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). O SINAN AIDS será consolidado com o Sistema de Controle de Exames Laboratoriais CD4/CD8 e carga viral (SISCEL), Sistema de Controle e Logística de Medicamentos (SICLOM) e do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM), referentes aos seis estados incluídos no Estudo. O SINAN de sífilis em gestante será consolidado com o de sífilis congênita e o SIM. O estudo terá também um component qualitative, com aplicação de entrevista semiestruturada em gestantes, profissionais de saúde e gestores, com o objetivo de identificar falhas no processo de atendimento que levaram aos casos de TV de sífilis e HIV. Os resultados esperados são um melhor entendimento das causas da TV do HIV e da sífilis, de acordo com as taxas de detecção em gestantes e incidência em crianças em cada estado. Os dados contribuirão para identificação das falhas relacionadas à prevenção da transmissão vertical e das dificuldades dos serviços na assistência dessas gestantes.

Objetivo Geral

Descrever o perfil epidemiológico dos casos notificados de infecção pelo HIV e sífilis em gestantes e de aids em crianças e sífilis congênita nos estados do Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul; e avaliar as causas de falhas na prevenção dessas infecções nestes seis estados da Federação.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANE BROD MANTA1016/08/201431/12/2014
DULCE STAUFFERT1016/08/201431/12/2014
GUILHERME LUCAS DE OLIVEIRA BICCA116/08/201431/12/2014
IANDORA KROLOW TIMM SCLOWITZ116/08/201431/12/2014
PEDRO CAETANO MUNHOZ ROOS2016/08/201431/12/2014
VITOR RIBEIRO DE SIQUEIRA2016/08/201431/12/2014

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
Ministério da SaudeR$ 100.000,00

Página gerada em 22/09/2019 05:11:31 (consulta levou 0.082587s)