Nome do Projeto
Práticas de Gestão Hospitalar Contemporâneas: Governando Sujeitos e Moldando Condutas
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
05/10/2014 - 05/10/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Enfermagem
Resumo
Trata-se de um estudo sobre Práticas de Gestão Hospitalar Contemporâneas realizado partir dos conceitos e pressupostos da vertente Pós-estruturalista dos Estudos Culturais que utilizará o referencial teórico de Michel Foucault como sustentação teórica e as ferramentas conceituais do poder, do discurso e do saber para problematizar a Revista VEJA como um artefato cultural capaz de produzir formas de subjetivação. Será empreendida uma análise discursiva de inspiração foucaultiana, assim ao examinar os textos que constituirão o material principal da análise, buscaremos identificar algumas formações discursivas que circulam no campo da saúde, associando-as a enunciados proferidos sobre práticas de gestão hospitalar. O que se pretende é tomar o artefato impresso como um mecanismo que ensina os profissionais da área da saúde o significado de gestão eficiente, governando suas condutas e funcionando como produtor de práticas organizacionais, modelos e políticas de gestão. A escolha dos Estudos Culturais como caminho investigativo permitirá colocar em jogo alguns regimes de verdades sobre formas de gestão contemporânea, bem como promover interlocuções, conversas, entrecruzamentos de postulados, assumidos pela administração como disciplina, pela mídia e pelo mercado. A problematização a partir do pensamento foucaultiano será o caminho utilizado para a realização da discussão teórica. Para Foucault a problematização consiste em um trabalho específico do pensamento: é o movimento através do qual nos distanciamos de nós mesmos, tornamos algo, que nos era familiar, em problema. Problematizamos quando nos interrogamos sobre os eventos como acontecimentos, sem pressuposições, sem indicações de soluções, construindo um sistema de pensamentos, sem a intenção de alcançar soluções ou confirmar respostas previamente pensadas.

Objetivo Geral

Objetivo geral

Problematizar como foi se constituindo as práticas de gestão hospitalar contemporâneas a partir dos discursos produzidos pela mídia.

Objetivos específicos

- Investigar como ocorreu a formação dos saberes contemporâneos sobre a gestão dos Hospitais Universitários Federais.
- Analisar os enunciados que circulam nos discursos colocados em destaque na Revista Veja, buscando ver como eles posicionam ou como, neles, se constroem posições para localizar os sujeitos profissionais da área da saúde em relação à gestão dos Hospitais Universitários Federais.
- Investigar como as revistas informativas de circulação nacional procuram governar as práticas dos profissionais da área da saúde em relação à gestão hospitalar, ao funcionar como artefatos da cultura produzindo pensamentos e práticas que conduzem as condutas destes profissionais.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALINE DAIANE LEAL DE OLIVEIRA205/10/201405/10/2015
ALVARO LUIZ MOREIRA HYPOLITO205/10/201405/10/2015
CAMILA SAFRANSKI MARTINS205/10/201405/10/2015
GIOVANA CÓSSIO RODRIGUEZ205/10/201405/10/2015
GIOVANA CÓSSIO RODRIGUEZ401/11/201431/07/2015
JOSÉ RICARDO GUIMARÃES DOS SANTOS JUNIOR205/10/201405/10/2015
KIMBERLY LARROQUE VELLEDA205/10/201405/10/2015
MARCELLE DI ANGELIS AMBAR FELIPE205/10/201405/10/2015
RAQUEL POTTER GARCIA205/10/201405/10/2015
SILVIA FRANCINE SARTOR205/10/201405/10/2015
STEFANIE GRIEBELER OLIVEIRA205/10/201405/10/2015

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
Recursos própriosR$ 32.988,00

Página gerada em 17/06/2019 06:06:19 (consulta levou 0.073267s)