Nome do Projeto
Acidentes entre crianças de 0 a 4 anos de idade da Coorte de Nascimentos de Pelotas de 2004
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
04/12/2014 - 28/02/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Resumo
A aquisição de habilidades motoras grossas e finas ocorre entre o primeiro e sexto ano de vida, das quais a locomoção é uma das principais, permitindo que a criança domine uma série de atividades, como por exemplo correr, pular etc. Além disso, a liberdade de movimento, quando associada a desatenção dos cuidadores para os perigos do ambiente, é importante fator de risco para acidentes. Entre os 5-19 anos de idades, os acidentes representam um problema de saúde mundial, sendo a primeira causa de morte nesta faixa etária em quase todos os países. Dos 0-19 anos, os acidentes mais frequentes são os de trânsito, quedas, queimaduras, afogamentos e intoxicações, que acarretam desde a incapacidade física temporária, até sequelas mais graves e permanentes ou mesmo a morte. Esses acidentes são passíveis de prevenção através de orientação familiar, alterações no espaço domiciliar e também de estratégias, que incluem reorganizar o trânsito e as áreas urbanas e, principalmente, por meio da educação para o trânsito e da prevenção dos atropelamentos. Entre os fatores predisponentes aos acidentes, incluem-se o nível socioeconômico, supervisão inadequada, estresse familiar e condições impróprias de moradia. Características da personalidade infantil, como hiperatividade, agressividade, impulsividade e distração, também influenciam na ocorrência de acidentes. Pouco se sabe sobre a frequência de acidentes repetidos na infância, tanto quanto a sua frequência, quanto aos fatores associados. Assim, o presente projeto tem por objetivo descrever a ocorrência dos principais tipos de acidentes ocorridos na infância, as crianças com episódios repetidos de acidentes e seus fatores de risco, entre as pertencentes a Coorte de Nascimentos de Pelotas de 2004, RS, Brasil.

Objetivo Geral

Geral

 Avaliar a ocorrência de acidentes nos primeiros 4 anos de vida entre as crianças da Coorte de Nascimentos de Pelotas de 2004.

Específicos
 Descrever a prevalência acumulada de crianças que tiveram acidentes entre 0 e 4 anos de idade, conforme idade, sexo, nível socioeconômico da família e idade e escolaridade maternas.
 Descrever a incidência cumulativa de acidentes entre 0-4 anos de idade.
 Descrever a prevalência e os tipos de acidentes no primeiro ano de vida, entre 12 e 24 meses e entre 24 e 48 meses de idade, conforme idade, sexo, nível socioeconômico da família e idade e escolaridade maternas.
 Calcular a prevalência de crianças com história de acidentes repetidos (do mesmo tipo ou de tipos diferentes), entre 1-4 anos de idade.
 Investigar a associação entre depressão materna e história de acidentes repetidos entre 12 e 48 meses de idade.
 Descrever o número, a idade e o tipo de acidente que resultou em óbito, entre 0-4 anos de idade, dos integrantes da coorte.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
RAQUEL SIQUEIRA BARCELOS404/12/201428/02/2017

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPqR$ 97.431,00

Página gerada em 18/11/2019 12:16:57 (consulta levou 0.090076s)