Nome do Projeto
Complicações puerperais precoces e nos primeiros seis anos após o parto associadas à via de parto: Coorte de Pelotas de 2004
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
08/01/2015 - 28/02/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Resumo
Muitas mulheres relatam temores em relação ao parto vaginal, principalmente relacionados à dor e ao retorno à atividade sexual, porém, estudos mais recentes associam taxas excessivas de partos cesáreas ao aumento da morbidade materna e neonatal. Objetivos: este estudo terá como objetivos (1) revisar a literatura sobre complicações maternas puerperais associadas à via de parto; (2) descrever a via de parto entre as primíparas e avaliar as cesáreas de repetição em partos subsequentes e seus fatores relacionados e (3) avaliar a associação entre a via de parto e a presença de complicações maternas puerperais e por até seis anos após o parto. Metodologia: trata-se de um estudo de delineamento longitudinal prospectivo, com membros da Coorte de Pelotas de 2004, composta pelos nascimentos ocorridos entre 01 de janeiro e 31 de dezembro de 2004, totalizando 4558 crianças, excluídas as perdas de seguimento, serão analisados 3722 sujeitos. Serão elaborados dois artigos, além da revisão sistemática de literatura, sendo (1) “Via de parto e cesárea de repetição entre primíparas da Coorte de Pelotas 2004”, onde será considerado como desfecho principal a via de parto dos partos subsequentes ao da coorte de 2004, em uma sub amostra constituída apenas pelas primíparas, seja de parto vaginal ou cesárea e (2) “Complicações puerperais precoces e nos primeiros seis anos após o parto associadas à via de parto: coorte de Pelotas de 2004” onde será utilizado como desfecho principal a presença de complicações ou problemas de saúde que podem estar relacionados ao período gestacional ou pós-parto. A análise de dados ocorrerá em múltiplas etapas. Será observada a distribuição de frequência das variáveis independentes quanto a sua amplitude e possibilidade de categorização e posteriormente serão realizadas análises descritivas e exploratórias. As variáveis numéricas serão descritas por meio de medidas de tendência central e dispersão e as variáveis categóricas serão descritas por meio de frequências absolutas e relativas. Será testada associação entre a exposição principal e entre as outras variáveis independentes e o desfecho. Resultados esperados: espera-se conhecer as complicações puerperais mais frequentes, bem como sua associação com a via de parto, além dos fatores relacionados à cesárea de repetição entre as primíparas.

Objetivo Geral

OBJETIVO GERAL

 Avaliar as cesáreas de repetição e complicações puerperais e por até seis anos após o parto entre mulheres mães de crianças pertencentes à coorte de Pelotas 2004.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS

 Revisar a literatura sobre complicações maternas puerperais associadas à via de parto;
 Descrever a via de parto entre as primíparas
 Avaliar as cesáreas de repetição em partos subsequentes e seus fatores relacionados;
 Avaliar a associação entre a via de parto e a presença de complicações maternas puerperais e por até seis anos após o parto.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
KEILA CRISTINA MASCARELLO408/01/201528/02/2017

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPqR$ 97.431,00

Página gerada em 12/12/2018 13:14:50 (consulta levou 0.061507s)