Nome do Projeto
Desenvolvimento de sistemas para o monitoramento da Criosfera
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
30/03/2015 - 31/12/2015
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação
Resumo
Este plano de trabalho tem por objetivo propor a realização do monitoramento da Criosfera através da utilização de redes de sensores baseados no modelo de consciência de situação. A Criosfera tem um papel muito importante no clima do planeta, e mudanças no seu comportamento podem desencadear eventos meteorológicos extremos, alterações no clima e afetar o nível dos oceanos bem como seu ecossistema. Por tanto esforços para monitorar o comportamento do gelo do planeta são cada vez mais necessário para que se compreenda mais profundamente sua interação com o clima e oceanos. Com os avanços tecnológicos observados, a computação tem estado mais presente em nossa rotina e de forma cada vez mais transparente. Este é o conceito de Computação Úbiqua, onde a interação com vários dispositivos integrados de forma remota e sem fio é o foco de pesquisa. Logo sua aplicação na utilização de redes de sensores sem fio foi um caminho natural. No monitoramento da Criosfera, mais especificamente as geleiras, se faz necessário um conjunto de sensores que possam coletar pontos de amostra distribuídos de forma remota em toda sua extensão, assim verificando as mudanças que ocorrem em todo campo de gelo, como ablação e sua relação com eventos meteorológicos, por exemplo. Apoiado em tais características, o presente projeto almeja criar um protótipo de redes de sensores para monitorar de forma integrada os diversos ponto de interesse das geleiras.

Objetivo Geral

O objetivo principal da proposta é investigar o potencial do uso de redes de sensores remotos portáteis de código aberto para o monitoramento de geleiras.
OBJETIVOS SECUNDÁRIOS
Implementar um ambiente de monitoramento utilizando redes de sensores autônomos baseados no modelo de consciência de situação.
Validar o ambiente em áreas de geleiras, monitorando sobretudo ablação e dados meteorológicos.
Implementar um ambiente de visualização de dados de alta disponibilidade, com enfoque no modelo de redes de sensores.
Verificar como os eventos meteorológicos influenciam na perda de massa de gelo, bem como o comportamento das geleiras em diversos pontos distribuídos em toda sua extensão.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADENAUER CORREA YAMIM230/03/201531/12/2015
GLEIDER MACKEDANZ DE CAMPOS1005/05/201531/12/2015

Página gerada em 06/06/2020 04:50:23 (consulta levou 0.068467s)