Nome do Projeto
A Evasão Estudantil e o Mercado de Trabalho: Um Estudo da Educação Profissional dos Institutos Federais no Brasil
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/04/2015 - 31/03/2016
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Economia
Resumo
Este projeto objetiva investigar o papel da absorção da mão-de-obra gerada nos cursos técnicos dos Institutos Federais (IFs) pelo mercado de trabalho sobre a evasão escolar nos cursos. Para tanto, com dados do Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) e do Ministério do Emprego e do Trabalho para o período compreendido entre entre 2009 e 2014, faz-se o mapeamento entre cursos oferecidos pelos IFs e ocupações do mercado de trabalho classificadas segundo a classificação brasileira de ocupações (CBO). Com este mapeamente, estimam-se equações que relacionam a evasão escolar dos cursos em cada ano contra uma medida de absorção da mão-de-obra. A hipótese central a ser testada é que desalinhamentos entre a oferta de cursos e necessidades do mercado de trabalho podem explicar boa parte da evasão escolar nos cursos profissionais. Se constado esta hipótese, espera-se auxiliar o balizamento de políticas públicas de educação profissional. estimam-se equações que relacionem o

Objetivo Geral

Geral: Identificar o efeito da razão entre o número de contratações no mercado de trabalho e a oferta de cursos profissionais sobre a evasão escolar dos cursos dos IFs.
Específico: identificar a “correspondência” entre o conjunto de ocupações existentes no mercado de trabalho e o conjunto dos cursos profissionais oferecidos pelos IFs.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDREA LEITE BERGMANN3001/04/201531/03/2016

Página gerada em 19/11/2019 19:12:42 (consulta levou 0.065601s)