Nome do Projeto
CULTIVO IN VITRO DE MARACUJAZEIRO-AMARELO
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
30/03/2015 - 03/04/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia
Resumo
A cultura do maracujazeiro possui significativa participação no mercado nacional, sendo que a evolução da produção do maracujá-amarelo (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg.) possibilitou ao Brasil se destacar como maior produtor mundial. Contudo, a produtividade nacional ainda é baixa, com cerca de 14 t.ha-1.ano-1, devido a problemas fitossanitários, técnicas inadequadas de cultivo e ausência de cultivares superiores. A família Passifloraceae encontra-se largamente distribuída nos trópicos e inclui mais de 630 espécies das quais a maior parte pertence ao gênero Passiflora e habita as regiões tropicais e subtropicais da América da Sul. O maracujazeiro é uma espécie tropical, podendo apresentar boa produtividade em temperaturas relativamente baixas, em níveis de altitude de até 3.200 m e em regiões de latitude entre 0 até 35º. O método convencional de propagação do maracujazeiro é via sementes, embora também possa ser realizada através de estaquia, mergulhia e enxertia. A multiplicação por sementes é a maneira usual para o estabelecimento de plantações comerciais da cultura, contudo, o seu uso resulta em uma grande variabilidade genética. As técnicas de cultura in vitro oferecem uma boa alternativa, pois pode-se produzir em grande escala clones selecionados de variedades com interesse comercial. A cultura de tecidos e a micropropagação, em particular, são boas alternativas para a propagação tradicional, para a obtenção de um elevado número de plantas uniformes e saudáveis num curto período de tempo e num espaço reduzido. Além disso, a propagação in vitro proporciona um sistema rápido para multiplicar a progênie obtida por programas de melhoramento genético, permite o uso de genótipos monoembrônicos, como portaenxertos, e é também muito útil para o melhoramento e conservação de germoplasma. Em passifloras esta técnica representa uma excelente alternativa para a produção de material vegetal. Diante disso, métodos de propagação vegetativa de plantas, como a micropropagação e o cultivo in vitro, podem propiciar uma produção de mudas em larga escala, garantindo plantas uniformes com boas condições fitossanitárias em um curto período de tempo.

Objetivo Geral

Obtenção de protocolos para o cultivo in vitro de maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg.).
• Avaliar o uso da micropropagação como método de propagação vegetativa para a cultura do maracujazeiro-amarelo;
• Testar a germinação in vitro de maracujazeiro-amarelo;
• Testar diferentes concentrações e combinações de BAP (6 – benzilaminopurina) e ANA (ácido naftalenoacético) na multiplicação in vitro de maracujazeiro-amarelo;
• Testar diferentes fontes e concentrações de carboidratos na multiplicação in vitro de maracujazeiro-amarelo.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDRIO SPILLER COPATTI430/03/201503/04/2017
IGOR CAVALCANTE DE ALBUQUERQUE430/03/201503/04/2017
Marcia Wulff Schuch130/03/201503/04/2017
SAVANA IRRIBAREM COSTA2030/03/201503/04/2017

Página gerada em 25/02/2020 19:02:13 (consulta levou 0.068786s)