Nome do Projeto
Políticas de memória e patrimônio na Argentina e a polêmica em torno do translado do Monumento a Cristovão Colombo.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
29/06/2015 - 19/12/2016
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar - Interdisciplinar
Resumo
A remoção do Monumento a Cristovão Colombo, localizado na cidade de Buenos Aires - Argentina foi iniciada no ano de 2013 e possuía grande complexidade, não sendo um procedimento indicado por especialistas em preservação de obras de arte. A proposta de translado da escultura apresentou uma diversidade de disputas muito abrangente e complexa, começando com a indisposição da comunidade italiana e de outros grupos da população que vivem na Argentina e que são historicamente identificados com o monumento. Essa estátua se localizava no território da Cidade Autônoma de Buenos Aires, e por esta razão a decisão presidencial entrou em conflito com a institucionalidade do patrimônio cultural provincial de Buenos Aires e a posição do atual prefeito da Cidade Autônoma de Buenos Aires. Desta forma, parte da memória da história da formação da nação Argentina foi sendo reapropriada de acordo com as disputas contemporâneas direta ou indiretamente relacionadas ao monumento. O projeto objetiva compreender as relações entre essa memória e as políticas implementadas para o translado do monumento.

Objetivo Geral

Principal: Investigar o processo do translado do Monumento a Cristovão Colombo.
Específicos:
- Comparar legislações (federal e da Ciudad Autonoma de Buenos Aires) para estabelecer potencialidades e fragilidades das políticas de preservação patrimonial na Argentina, tendo como exemplo o caso do translado do Monumento a Cristovão Colombo.
- Investigar ações desenvolvidas na Argentina para a preservação de monumentos históricos nacionais que tenham articulado diferentes legislações.
- Compreender como a memória foi um fator decisivo para a tomada de decisão a favor do translado do monumento.
- Investigar quais são as possíveis implicações para a memória e o patrimônio do país.
- Compreender quais são as contribuições das políticas para o patrimônio cultural na Argentina para o caso brasileiro.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
MIRELLA MORAES DE BORBA229/06/201519/12/2016

Página gerada em 04/12/2021 09:57:06 (consulta levou 0.046753s)