Nome do Projeto
SECAGEM DE ARROZ COM AR REFRIGERADO
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/10/2015 - 29/09/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola
Resumo
As sementes quando atingem a maturidade fisiológica, apresentam teores de água acima de 30%, os quais não são compatíveis com a tecnologia disponível para colheita mecanizada. Secagens com temperaturas elevadas diminuem a viabilidade das sementes, diminuindo sua germinação e vigor. Para secagem estacionária de sementes de milho doce, as temperaturas do ar de 50 e 60oC, foram prejudiciais à qualidade fisiológica destas. As culturas agrícolas anuais são altamente sensíveis à temperatura do ar, pois dela depende a duração de suas fases de desenvolvimento. Em um clima mais quente, o aumento da taxa diária de desenvolvimento da cultura leva a uma redução da duração do período de seu crescimento, que traz como consequência o potencial de reduzir seu rendimento. O objetivo do trabalho é avaliar a possibilidade de secar grãos de arroz a frio, testar o rendimento de engenho antes e depois da secagem para avaliar a eficiência do processo. Também será determinada a velocidade de secagem e será verificado o custo energético do processo, para examinar se o processo a frio traz alguma vantagem sobre o processo convencional, com o qual será comparado. O material a ser utilizado serão grãos de arroz úmidos, recém colhidos nas safras de 2016 e 2017.Os equipamentos a serem utilizados na execução do trabalho prático serão: Protótipo de secador desenvolvido para secagem com uso de frio, sensores eletro-eletrônicos, sistema de aquisição de dados, computador, bandejas, lentes, balanças, estufa, engenho de provas, determinador de umidade entre outros. A vidraria utilizada será a comum de laboratório. A pesquisa será desenvolvida no Laboratório de Engenharia de Pós-colheita (LEPC) do Centro de Engenharias-UFPel. O processo de secagem será acompanhado pelos sensores eletrônicos e os dados serão adquiridos ao longo do tempo e armazenados em um computador. Um determinador de umidade será utilizado para conferir a umidade dos lotes ao longo do processo.

Objetivo Geral

O objetivo do trabalho é avaliar a possibilidade de secar grãos de arroz a frio, testar o rendimento de engenho antes e depois da secagem para avaliar a eficiência do processo. Também será determinada a velocidade de secagem e será verificado o custo energético do processo, para examinar se o processo a frio traz alguma vantagem sobre o processo convencional, com o qual será comparado.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALESSON IVEN MIELKE401/10/201529/09/2017
AMAURI GRAVA BRAZIL JUNIOR401/10/201529/09/2017
GIZELE INGRID GADOTTI601/10/201529/09/2017
MARCEL DORNELLES BRIM DA SILVA401/10/201529/09/2017
MARIA LAURA GOMES SILVA DA LUZ601/10/201529/09/2017
NEWITON DA SILVA TIMM401/10/201529/09/2017
RÉRITON MEDEIROS PATRICIO401/10/201529/09/2017
WOLMER BROD PERES601/10/201529/09/2017

Página gerada em 14/11/2019 12:05:15 (consulta levou 0.081641s)