Nome do Projeto
Aleitamento materno e saúde mental na vida adulta: Estudo longitudinal da coorte de nascidos vivos em Pelotas de 1982
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/05/2016 - 05/04/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Resumo
O aleitamento materno tem sido associado com diferentes efeitos benéficos na vida adulta, incluindo redução da obesidade, pressão arterial elevada e diabetes mielites. Além disto, o aleitamento parece ter um efeito sobre o desenvolvimento cognitivo da criança o que traz como resultado um maior quociente intelectual na vida adulta. Estudos mostram que o aleitamento pode ter benefícios sobre problemas de internalização e comportamento na criança, e alguns mostram que até sobre sintomatologia depressiva e ansiosa. Porém, são poucos os estudos que avaliam transtornos mentais específicos, e são menos ainda os que estudam se o efeito se mante na vida adulta. O presente estudo tem como objetivo avaliar o efeito do aleitamento materno durante os primeiros anos de vida e a saúde mental na vida adulta. Para isto, usaremos os dados da coorte de nascidos vivos em Pelotas de 1982. A coorte foi iniciada com um inquérito de saúde perinatal de todas as 6.011 crianças nascidas nas maternidades de Pelotas em 1982. As 5.914 crianças nascidas vivas foram incluídas nos estudos de acompanhamento. Aos dois e quatro anos de idade as mães destes indivíduos foram entrevistadas, e preguntou-se para eles sobre o tempo de aleitamento materno. Durante o último acompanhamento da coorte, quando os indivíduos tinham 30 anos de idade, foi aplicada a mini entrevista neuropsiquiátrica internacional (MINI), e foram avaliados os desfechos, depressão maior, transtorno de ansiedade geral, fobia social, entre outros. Também foi usado o inventário de sintomas depressivos de Beck (BDI-II) para avaliar a severidade de sintomas depressivos. Usando estes dados avaliaremos, usando o teste de chi quadrado, e analises de regressão múltipla o efeito do aleitamento sobre os desfechos em saúde mental já especificado. Calcularemos, razoes de prevalência (RP), e intervalos de confiança ao 95%.

Objetivo Geral

Objetivo geral
Estudar a associação entre o aleitamento materno durante os primeiros anos de vida e a saúde mental na vida adulta

Objetivos específicos
• Identificar a associação entre aleitamento materno e depressão maior na vida adulta
• Identificar a associação entre aleitamento materno e o transtorno de ansiedade geral na vida adulta
• Identificar a associação entre aleitamento materno e a fobia social na vida adulta
• Identificar a associação entre aleitamento materno e a severidade da sintomatologia depressiva na vida adulta
• Identificar se existe uma associação doses resposta entre o número de meses que o indivíduo foi amamentado e os diferentes desfechos em saúde mental

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDRIARA CANÊZ CARDOSO201/06/201631/12/2016
BERNARDO LESSA HORTA201/02/201601/01/2017

Página gerada em 22/01/2021 01:16:31 (atualização a cada 15 minutos)